Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Ex-embaixador do Iraque em Portugal “horrorizado” com agressão brutal em Ponte de Sor

  • 333

Tiago Miranda

Notícia é avançada pela Renascença. Rapaz de 15 anos ficou nos cuidados intensivos, filhos do atual embaixador do Iraque são os suspeitos

O ex-embaixador do Iraque em Portugal, Hussein Sinjari, está “envergonhado” e “horrorizado” com a brutal agressão de que Rúben Cavaco, 15 anos, foi alvo em Ponte de Sor. Os filhos do atual embaixador são os suspeitos. A informação está a ser veiculada pela Renascença, que teve acesso a um email enviado por Hussein Sinjari a amigos e colaboradores portugueses e iraquianos.

Na mensagem, Sinjari expressa a maior raiva, choque e tristeza por esta violência bárbara”. Sinjari deixou Portugal no primeiro semestre de 2015 e diz estar “horrorizado” e “envergonhado” com as agressões de que foi alvo o jovem de Ponte de Sor na madrugada de dia 17. Ruben, 15 anos, está em coma induzido nos cuidados intensivos no Hospital de Santa Maria, em Lisboa.

Sinjari pediu para a sua mensagem ser divulgada e faz votos para que Ruben “recupere totalmente”. À Rádio Renascença, o diplomata que chefiou a representação do Iraque em Portugal até ao início do último verão, disse “que só quer fazer comentários depois de serem tornados públicos os resultados da investigação ao que aconteceu em Ponte de Sor”.

Num breve comunicado disponível no site do ministério dos Negócios Estrangeiros do Iraque, o governo de Bagdade diz estar a seguir “com preocupação” o episódio de violência protagonizado pelos filhos do seu representante em Portugal e promete vir a tomar as “medidas necessárias” , mas não especifica quais nem quando.