Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Costa sobre incêndios na Madeira: “As autoridades responderam prontamente”

  • 333

Primeiro-ministro garante que o Governo tem noção das calamidades que estão a atingir o país e continuará a dar a atenção devida

Num primeiro e breve balanço à chegada à Madeira, o primeiro-ministro disse esta quinta-feira que o Governo tem consciência da dimensão dos incêndios, garantindo que as autoridades responderam com rapidez à tragédia.

“Quer através dos órgãos de comunicação social, quer de outras formas de visualizar as consequências, temos um desenho da terrível proporção desta tragédia, como temos noção de outras calamidades que estão a atingir o país e que damos atenção”, afirmou António Costa aos jornalistas, garantindo que “as autoridades da República responderam prontamente” aos incêndios.

O chefe do Governo será guiado esta tarde pelo Governo regional pelas zonas mais afetadas pelos fogos na ilha, estando acompanhado de outros membros do Executivo, como o ministro da Defesa e a secretária de Estado do Turismo.

“Vamos falar com os empresários do turismo, o presidente do Governo regional da Madeira e os presidentes da câmara”, acrescentou o governante, sublinhando que os técnicos estão a fazer um levantamento das consequências, sendo ainda prematuro avançar com prejuízos. “Alguns números só saberemos à posteriori, outros estarão ainda por apurar”, destacou.

Costa disse ainda que o objetivo da sua visita à Madeira é perceber também que apoio o Governo poderá dar. “Temos aqui para condições para – trabalhando com o governo regional e as autarquias locais – ajudarmos solidariamente na segunda fase [da reconstrução].”

Os incêndios no Funchal, que deflagraram há três dias nas zonas altas e que chegaram ao centro da cidade, já destruíram dezenas de casas e obrigaram à evacuação de hospitais e hotéis. A autarquia calcula que serão necessários 55 milhões de euros para reconstruir a cidade. Ainda esta quarta-feira, o Governo enviou mais reforços para a Força Especial e acionou o mecanismo europeu da Proteção Civil.