Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Incêndios cortam A43 e A28 em Gondomar e Vila Nova de Cerveira

  • 333

Os incêndios que deflagram no norte do país levaram a GNR a cortar estas duas autoestradas

A autoestrada A43 foi cortada pelas 8h desta quarta-feira, em Jovim, Gondomar, e a A28 está há mais de dez horas interdita ao trânsito em Gondarém, Vila Nova de Cerveira, devido a incêndios, disse a GNR.

A A43, também conhecida como IC 29 ou via rápida de Gondomar, no distrito do Porto, foi cortada ao quilómetro 10,5, indica fonte da GNR, acrescentando que o fogo em Jovim está a aproximar-se dos dois lados da estrada.

Já a A28 está cortada desde as 22h de terça-feira na zona de Gondarém, concelho de Vila Nova de Cerveira, no distrito de Viana do Castelo, também devido a um incêndio.

A página da Autoridade Nacional de Proteção Civil indica estar em curso um incêndio em mato que começou de madrugada na localidade de Jovim, freguesia de Gondomar (São Cosme). De acordo com a ANPC, aquele fogo está a ser combatido por 12 homens e três meios terrestres.

A ANPC aponta ainda a existência de outro incêndio na mesma freguesia de Gondomar, mas na localidade de Valbom.

Maiores incêndios ativos em Arouca e Águeda

O vento forte que se fez sentir durante a noite e que vai manter-se esta quarta.feira levou a reacendimentos nos incêndios de Águeda, Arouca e Vila Nova de Cerveira, onde foram retiradas pessoas de aldeias, revelou o adjunto de operações da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), Carlos Guerra.

Segundo o responsável, Aveiro, Viana, Braga e Porto são esta manhã os distritos que mais preocupam os bombeiros em Portugal continental, com incêndios de grandes dimensões como os de Águeda, Arouca e Vila Nova de Cerveira, que sofreram alguns reacendimentos devido ao vento.