Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Andanças: só 25% dos carros que arderam têm seguro contra incêndio

  • 333

CEMITÉRIO DE AUTOMÓVEIS Mais de 400 veículos arderam no parque de estacionamento do festival Andanças. A investigação às causas do incêndio e o apuramento dos prejuízos decorrem e “ainda deve demorar algum tempo”, diz a Associação Portuguesa de Seguradores

FOTO EDGAR LIBÓRIO / EPA

A Associação Portuguesa de Seguradores revela, num primeiro levantamento, que perante o número de veiculos ardidos no Festival Andanças as indemnizações podem ascender a um milhão de euros

Num primeiro levantamento dos danos sofridos no incêndio no parque de estacionamento do Festival Andanças, em Castelo de Vide, a Associação Portuguesa de Seguradores (APS) estima que só um quarto dos 458 veículos destruídos têm seguro de danos próprios com a inclusão da cobertura de incêndio. Ou seja, pouco mais de 110 contratos de seguro.

Em comunicado, a associação das seguradoras afirma que foram recebidas "mais de 100 participações ao abrigo desta cobertura, ás quais corresponderá um valor global de indemnizações a pagar ligeiramente superior a um milhão de euros".

A APS refere ainda que segundo os dados apurados até á data, os proprietários dos veículos que arderam e têm este seguro podem "resolver por esta via a sua situação".