Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Jovem morre baleado enquanto jogava Pokémon GO

  • 333

NICOLAS MAETERLINCK/GETTY IMAGES

O crime aconteceu numa popular atração turística de São Francisco, nos EUA. Suspeito atingiu a vítima no tórax e fugiu

Um jovem de 20 anos morreu este sábado, assassinado a tiro, quando jogava Pokémon GO próximo ao Cais dos Pescadores, uma popular atração turística de São Francisco, na Califórnia, EUA. Calvin Riley foi baleado cerca das 22h (6h de domingo em Lisboa). Segundo as autoridades, foi atingido no tórax e teve morte imediata.

A polícia desconhece o motivo do crime mas, segundo o porta-voz da polícia de São Francisco, o suspeito não fez qualquer tentativa para roubar o jovem, nem houve nenhuma discussão prévia.

Um amigo da vítima, John Kirby, citado pela “Time”, adianta que várias pessoas estavam no local à hora do crime. “Havia um grande grupo de pessoas a jogar Pokémon. Calvin estava um pouco à frente de um amigo. Chegou perto de uma esquina, quando se ouviu o disparo”, contou.

O suspeito fugiu logo depois. A polícia vai agora recorrer às imagens das câmaras de segurança da região para tentar identificar quem matou Riley, tendo esperança de haver alguma testemunha que possa ajudar a perceber melhor como tudo se passou.

Várias mortes têm sido associadas ao jogo Pokémon GO, a maior parte delas por atropelamento. Uma vez que o usuário só pode ver a figura virtual que tem de ‘apanhar‘ caso esteja a olhar para o écran do telemóvel, há o risco de a pessoa perder a noção do que está a acontecer à sua volta.

Este domingo, um homem morreu ao cair de um 16.º andar em Belo Horizonte, no Brasil. A polícia descartou a possibilidade de suicídio, já que o jogo estava aberto no smartphone do homem.