Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Holandês esperou dez dias num aeroporto chinês por amiga virtual que nunca apareceu

  • 333

Os dois conheceram-se através de uma plataforma online para encontro de casais, mas a mulher não percebeu que ele já estava a caminho da China

Alexander Cirk, de 41 anos, conheceu Zhang através da internet. Entre o holandês e a mulher chinesa houve empatia, contam agora os jornais, e o contacto entre ambos, iniciado há cerca de dois meses a partir de uma plataforma virtual de encontro para casais, passou a ser diário.

Tão bem corria a relação – pensava ele – que Cirk apanhou um avião para ir ter com a sua amada. Mas na vida real a coisa foi menos romântica. Chegado ao aeroporto de Changsha, na China, o holandês não tinha ninguém à sua espera e por ali vagueou durante dez dias, quase sem comer ou dormir, até ser internado num hospital no dia 29 de julho. Ao que parece, tinha esperança de Zhang aparecer e os trocos contados, sem grande margem para dali sair.

A história está a fazer notícia, depois de ter sido divulgado que os serviços de segurança do aeroporto tinham decidido intervir por perceberem que Cirk não estava bem. As redes sociais fizeram o resto, partilhando as fotografias que chamaram a atenção dos jornais locais, que, por sua vez, procuraram Zhang para lhe perguntar porque faltou ao encontro.

Afinal, tudo terá resultado de um mal-entendido. Apesar de ter recebido uma mensagem com uma fotografia de um bilhete de avião, a mulher julgou tratar-se de uma brincadeira. Como ele não disse mais nada e estava previsto conhecerem-se apenas no próximo ano, Zhang nem sequer tinha uma ideia da viagem ou da longa espera do seu amigo virtual.

Tanto assim foi, contou aos jornalistas, que por esses dias estava a 900 quilómetros, internada, para se submeter a uma cirurgia plástica.

Os dois falaram, entretanto, pelo telefone e Alexandre Cirk, ainda combalido pelos dias que passou a comer apenas massa instantânea, percebeu que não há forma de se verem, pelo menos desta vez. Zhang permanece em convalescença e o regresso do holandês já tem data marcada. “Sinto, apesar de tudo, que a nossa relação se fortaleceu”, afirmou, sem perder a esperança.