Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Vitória no futebol trouxe-nos mais turistas

  • 333

ONDA DE CELEBRAR No dia em que a seleção nacional regressou com a taça de campeão nas mãos, a reserva de hostels em Portugal subiu 24%

FOTO JOSÉ OLIVEIRA

O último campeonato europeu fez disparar a procura de alojamento barato em Portugal e também na Islândia. Os dois países foram destacados no 'top' da Condé Nast dos destinos mais seguros do mundo

Golos em campeonatos de futebol também conseguem atraír turistas aos países dos seus jogadores? Segundo a Hostelworld, a maior reserva mundial de reservas em hostels, é o que se verificou em Portugal e na Islândia. “Depois de uma surpreendente prestação da sua seleção no campeonato europeu de futebol, a Islândia passou para as bocas do mundo e isso trouxe reflexos diretos no turismo”, constata a Hostelworld, adiantando que “a procura mundial de alojamento barato na Islândia cresceu uns impressionantes 58% desde que o Euro 2016 começou a 10 de junho, comparando com o mesmo período do ano passado”.

Portugal, que se sagrou campeão europeu, também teve neste campo frutos visíveis da sua vitória no futebol. No dia em que a seleção nacional voltou com a taça de campeão nas mãos, as reservas de alojamento económico para o país dispararam 24% no 'site' da Hostelworld. Ao longo de todo o período que durou o campeonato europeu, a procura de turistas por alojamento barato em Portugal aumentou 9% face ao homólogo de 2015.

PROCURA AQUECE No alojamento económico sentiram-se reflexos diretos em Portugal com o campeonato europeu de futebol

PROCURA AQUECE No alojamento económico sentiram-se reflexos diretos em Portugal com o campeonato europeu de futebol

FOTO ANTÓNIO PEDRO FERREIRA

“Eventos desportivos globais não são apenas grandes espetáculos, mas realmente chamam a atenção para países que muitos podem nunca ter pensado em visitar”, faz notar Otto Rosenberger, diretor de marketing da Hostelworld. “Isto é especialmente verdade quando se vê uma seleção nacional, como a da Islândia, atordoando o mundo e alcançando os quartos-de-final, ou a de Portugal que venceu o seu primeiro campeonato europeu, depois de perder o seu jogador principal nos minutos iniciais do derradeiro jogo”.

A Islândia é, segundo a plataforma mundial de reservas, o caso mais emblemático. A procura por alojamento neste país nórdico atingiu o maior pico a 3 de julho, quando a sua seleção defrontou a de França nos quartos de final da competição. Nesse dia, as reservas mais que duplicaram, registando 116% de crescimento, e representando o maior aumento de todos os países que participaram no campeonato.

“Éder e companhia” tornaram Portugal “mais conhecido”

No caso de Portugal, a Hostelworld ressalva que “ao contrário da Islândia, já era um país muito procurado por 'backpackers', ou seja, aqueles que gostam de viajar de mochila às costas e ficar em alojamento económico. Parece que, ainda assim, Éder e companhia conseguiram o feito de levar mais longe um Portugal cada vez mais conhecido”.

LISBOA NA BOA Portugal foi destacado em 5º lugar na lista dos '10 países mais seguros do mundo' da Condé Nast

LISBOA NA BOA Portugal foi destacado em 5º lugar na lista dos '10 países mais seguros do mundo' da Condé Nast

FOTO LUÍS BARRA

“Estejam a ver géiseres na Islândia, ou a beber os famosos vinhos do Porto em Portugal, quem fica em hostels procura novas experiências e pessoas com quem as partilhar”, sublinha o diretor de marketing da Hostelworld. “Por isso faz todo o sentido ver a procura por hostels aumentar significativamente nestes incríveis, mas menos conhecidos, países”.

Além de Portugal e Islândia, “outros países também ganharam com a participação no campeonato que decorreu em França, evidenciando crescimentos na procura de alojamento económico em comparação com o mesmo período de 2015”, avança a Hostelword. São os casos da Eslováquia, cujo aumento atingiu aqui 15%, da Polónia, com uma subida de 8%, ou da Alemanha, que registou mais 3%.

BOM E BARATO Portugal já é um destino muito procurado por 'backpackers' que ficam em alojamento económico, segundo a Hostelworld

BOM E BARATO Portugal já é um destino muito procurado por 'backpackers' que ficam em alojamento económico, segundo a Hostelworld

FOTO RUI DUARTE SILVA

“Outra das surpresas do campeonato europeu foi o País de Gales”, enfatiza ainda a plataforma mundial de reservas. “Apesar de não ter havido um crescimento substancial de procura ao longo do torneio, registaram-se aumentos de procura que chegaram aos 55%, em particular no dia seguinte à vitória galesa frente à Rússia e durante o jogo com a Irlanda do Norte”.

SERENA ISLÂNDIA A terra do gelo e dos vulcões continua em 1º lugar na lista da Condé Nast dos países mais seguros do mundo

SERENA ISLÂNDIA A terra do gelo e dos vulcões continua em 1º lugar na lista da Condé Nast dos países mais seguros do mundo

FOTO LUCAS JACKSON - REUTERS

À margem do Campeonato Europeu de Futebol, Portugal e a Islândia são destacados no último 'top' dos “10 Países mais Seguros do Mundo” da Condé Nast Traveler, publicação considerada a 'Bíblia' dos viajantes.

Pelo sexto ano consecutivo, a Islândia surge em 1º lugar nesta lista da Condé Nast, segundo critérios que têm a ver com níveis (baixos, neste caso) de homicídios, número de pessoas na prisão ou atos terroristas. “Mais um bónus: tratando-se de uma ilha, isso dificulta à partida que haja litígios transfronteiras. Que mais incentivo precisa para voar para um banho termal?”, alicia a Condé Nast.

BANHOS TERMAIS São um dos atrativos mais procurados pelos turistas na Islândia BOB STRONES

BANHOS TERMAIS São um dos atrativos mais procurados pelos turistas na Islândia BOB STRONES

FOTO REUTERS

Portugal, um país “belo e relativamente barato, o que combinado com a sua segurança o torna numa visita obrigatória”, como descreve a Condé Nast Traveler, surge em 5º lugar neste 'top 10', a seguir à Dinamarca, Áustria e Nova Zelândia, além da Islândia. Entre os destinos mais seguros, e atrás de Portugal, seguem-se República Checa, Suíça, Canadá, Japão e Eslovénia.

Num mundo que vive agitado com notícias diárias de incidentes e atos terroristas, a Condé Nast deixa o conselho aos turistas: “Comece a planear a sua viagem para encontrar paz nestes sítios bonitos e seguros”.