Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Aeroporto de Lisboa: Há um quinto argelino que viajava com o grupo dos quatro detidos pela PSP

  • 333

O SEF reteve um [quinto] cidadão argelino no aeroporto de Lisboa, logo após a detenção efetuada pela PSP de quatro cidadãos provenientes de Argel que invadiram a pista do aeroporto Humberto Delgado

Segundo fonte oficial da investigação, o SEF - Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, “reteve um passageiro” de um voo proveniente de Argel, “a quem foi recusada entrada e que está sob custódia do SEF, sendo que regressará ao país de origem”. A entrada deste cidadão em território português foi barrada dentro do aeroporto, logo após a detenção de outros quatro homens de nacionalidade argelina serem detidos pela PSP ao fim da noite de sábado.

Os cinco argelinos viajavam em grupo. A PSP deteve quatro que invadiram a pista, o que levou ao encerramento do aeroporto durante 34 minutos.

O Expresso soube que estes quatro homens que invadiram a pista e foram detidos pela PSP, não levariam consigo armas de fogo, mas um deles ficou com ferimentos ligeiros e recebeu assistência hospitalar.

Os argelinos terão forçado a porta de serviço que dava acesso à placa, segundo disse ao Expresso uma fonte ligada à investigação. “Mal forçaram a porta, ativaram os alarmes de segurança, acionando os protocolos que levaram à suspensão dos voos.” Os quatro homens seriam detidos poucos minutos depois e um deles terá oferecido maior resistência às autoridades.

Ainda não foi confirmada a motivação levou os argelinos a invadirem a pista. Mas levanta-se a possibilidade destes homens serem imigrantes ilegais que queriam chegar a Portugal para entrar no espaço Schengen e, por não terem consigo os documentos necessários, terem procurado fugir para evitar o controlo de segurança.

A investigação deste caso está a ser coordenada pelo Comando Metropolitano de Lisboa da PSP. Os suspeitos de tentativa de imigração ilegal vão ser presentes a juiz, amanhã, segunda-feira.

Notícia atualizada às 12h20