Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Portugueses fazem cada vez mais férias no estrangeiro

  • 333

PREFERÊNCIA Espanha (Lanzarote, na foto) e França são os destinos mais escolhidos pelos portugueses

FOTO RUI DUARTE SILVA

Há três anos, apenas 15% dos portugueses se deslocaram ao estrangeiro. Número que subiu para os 17,5%, em 2014, e 18,5%, em 2015. De acordo com um estudo da Marktest, Espanha e França continuam a ser os destinos preferidos

Os portugueses estão a escolher cada vez mais o estrangeiro como destino de férias. De acordo com o TGI, estudo da Marktest que analisa o comportamento e os consumos dos portugueses, o número de pessoas que tem viajado de avião em lazer tem aumentado desde 2013. Ou seja, há três anos, apenas 15% dos portugueses se deslocaram ao estrangeiro. Número que subiu para os 17,5%, em 2014, e 18,5%, em 2015.

Dos destinos escolhidos, Espanha e França continuam a ser os preferidos, com 19% dos entrevistados a escolher estes dois países europeus, seguidos de Inglaterra e Irlanda (16%). A Marktest, especializada em estudos de mercado e processamento de informação, destaca ainda os Açores que com a entrada das companhias de baixo custo (low cost), em 2015, também tem sido um destino mais procurado (10% em 2015, face a 7% em 2014).

PREÇO As companhias de baixo custo são as mais procuradas por causa do valor das passagens

PREÇO As companhias de baixo custo são as mais procuradas por causa do valor das passagens

FOTO TIAGO MIRANDA

De acordo com o mesmo estudo, companhias low cost como a EasyJet e a Ryanair são as mais procuradas pelos portugueses, que têm como principal fator de decisão o preço da passagem. Enquanto 3,4% dos entrevistados diz escolher estas companhias de aviação, apenas 1,2% prefere a TAP e a SATA.

A análise da Marktest revela ainda que a praia continua no topo da preferência dos portugueses, ao contrário das viagens de cruzeiros que têm vindo a manter-se nos 1,5%.

No que diz respeito ao tipo de alojamento escolhido para as férias, as opções mais populares são hotéis ou aparthotéis, para 45% dos entrevistados (40,4%, em 2014), seguido da casa de familiares ou amigos (29%), casa alugada (21%), habitação própria (15%) e campismo (10%).

Lançado na Grã-Bretanha, há 40 anos, o TGI é atualmente realizado em 60 países, entre os quais Portugal, e traça o perfil de mais de mil milhões de consumidores em todo o mundo. O estudo permite uma comparação de dados à escala mundial e em Portugal a recolha da informação é continua, sendo os dados disponibilizados em dois momentos do ano, janeiro e julho.