Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

PSP lança manual para os portugueses evitarem problemas com o Pokémon

  • 333

Autoridades portuguesas atentas ao fenómeno, marcado pelo sucesso global do jogo mas também por problemas de segurança - virtuais e físicos. Polícia deixa sete conselhos e um alerta: “Não se esqueça que ainda estamos no mundo real”

São sete recomendações que surgem enquadradas com um aviso pedagógico. A PSP lançou esta terça-feira um manual para os portugueses caçarem pokémons em segurança, numa altura em que pululam notícias com acontecimento estranhos além-fronteiras: roubos, casos de trânsito intenso provocados por quem abandona os carros subitamente devido ao aparecimento de pokémons raros, tiroteios em propriedades privadas devido ao jogo e situações afins.

Atenta ao fenómeno, a PSP explica que “no pico mais alto desta época de caça aos pokémon”, a polícia “aproveita para relembrar alguns cuidados de segurança”. É que “por entre desafiantes batalhas, treinos muito duros e difíceis capturas, não se esqueça que ainda estamos no mundo real”. A PSP alerta para esta “animada febre” que já teve consequências graves: “incidentes, lesões e até alguns crimes foram cometidos, onde os suspeitos engenhosamente simulavam falsos pokestops para se introduzirem em residências”.

Eis os sete conselhos da PSP:

1. esteja sempre atento ao que o rodeia;
2. observe o meio envolvente;
3. não cace sozinho, cace em grupo ou aos pares de forma a aumentar a segurança;
4. não utilize a aplicação enquanto conduz, é difícil estar atento a duas coisas ao mesmo tempo;
5. não entre em propriedade alheia ou áreas de acesso restrito, é crime;
6. alerte os mais jovens para não interagirem com estranhos;
7. tenha especial atenção a aplicações relacionadas com o jogo, podem conter malware e comprometer a segurança de dados pessoais

  • Isto é a loucura (e o exagero) total

    A febre do jogo Pokémon GO invadiu o mundo e não pára de gerar histórias surpreendentes. Jogadores da aplicação de realidade aumentada enchem as ruas de várias cidades para capturar Pokémons e outros objetos

  • O Pokémon Go já cá está. Não estranhe se vir coisas esquisitas na rua

    O jogo para telemóvel que está a transformar-se numa febre em vários pontos do mundo está disponível desde esta sexta-feira em Portugal. Deixamos-lhe aqui um guia sobre o que é e como se joga Pokémon GO e as informações essenciais para quem não vai jogar perceber algumas coisas esquisitas que poderá começar a ver por aí, nas ruas e não só

  • Que febre é esta com o Pokémon GO? (e fica o aviso: é preciso ter cuidado)

    Lembra-se de ouvir (ou talvez não) no final dos anos 1990 aquele genérico viciante que repetia “apanhá-los todos, apanhá-los todos”? “Apanhá-los” era o objetivo de qualquer aspirante a treinador dos Pokémon, as criaturas em forma de dragões, serpentes ou pássaros que habitavam um mundo virtual limitado às consolas da Nintendo. A febre está de volta - não se fala de outra coisa lá fora (porque cá dentro o Euro é tópico que seca tudo à volta). Agora joga-se em smartphones, tem realidade aumentada envolvida na experiência e quem já experimentou diz que é vício total. Mas há um outro lado - e é perigoso para a segurança (física e virtual)