Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Um em cada três alunos acaba o 9.º com negativa a Matemática

  • 333

Resultados dos exames do 9.º ano, que contam 30% para a nota final da disciplina, acabam de ser divulgados. As médias nacionais praticamente mantêm-se em relação a 2015: 57% na prova de Português e 47% na de Matemática

A Matemática continua a ser uma disciplina complicada para grande parte dos alunos e no final do ensino básico um em cada três (34%) acaba o ano com negativa, indicam os dados do Ministério da Educação divulgados esta terça-feira. A nota final da disciplina resulta da combinação das classificações dadas pelos professores e a obtida pelos estudantes no exame nacional, que tem um peso de 30%.

Olhando para o desempenho dos alunos do 9.º ano apenas nos exames, verifica-se que as médias nacionais praticamente se mantiveram em relação a 2015, com uma descida de um ponto percentual e, por isso, praticamente sem significado. A Matemática a média na prova foi de 47% e a Português atingiu os 57%.

Em números absolutos, os dados do Ministério mostram que houve mais alunos a ter negativa no exame (46.189) do que a ter positiva (44.628).

Nos extremos houve 249 estudantes a conseguir nota máxima (100%), mas muitos mais a ter entre 0 e 5% (1599).

Já a Português, os números são bem melhores, com a grande maioria dos alunos (três em cada quatro) a terem classificação positiva no exame. Quanto aos chumbos à disciplina são também bastante inferiores: apenas 8%, abaixo dos 10% de 2015.

Ao todo, realizaram-se este ano 181 mil provas, referentes às disciplinas de Português, Matemática e Português Língua Não Materna.