Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Bratislava. Uma pequena grande capital

  • 333

1

Uma cidade para conhecer sem pressa, mas com atenção aos seus deliciosos pormenores

Marco Grieco

Marco Grieco

Diretor de Arte

Não. Uma tarde não é suficiente para conhecer Bratislava. Os turistas menos pacientes que me desculpem, mas a capital da Eslováquia tem muito para oferecer. Obviamente, se a compararmos aos colossos turísticos Budapeste e Praga, ou mesmo Viena — esta a pouco mais de 60 km de distância —, a pequena cidade eslovaca à beira do outrora azul Danúbio reluzirá sempre como uma estrela mais pálida na constelação das belíssimas cidades da Europa Central.

Mesmo assim, não se pode ignorar a majestade de alguns dos seus prédios e a sua importância histórica. Sem complexos de inferioridade, Bratislava já foi parte de vários reinos, impérios e principados, tendo mesmo sido a capital da monarquia dos Habsburgos durante três longos séculos. Na catedral gótica de São Martinho, próxima de uma das vias principais de acesso ao castelo e de visita obrigatória, foram coroados 11 reis e rainhas entre 1563 e 1830.

O castelo da cidade data do século XIII e uma das suas torres já abrigou por mais de 200 anos as joias da coroa húngara. Em 1811, foi quase completamente destruído por um incêndio e a sua recuperação só foi levada a cabo a partir da década de 1950. Hoje, o que se pode ver e visitar é uma bela obra com influências góticas e renascentistas. Na exposição patente em toda a extensão do seu segundo piso, fica a conhecer-se a história do país, da sua língua e da sua luta. Desde a colina onde está assente, a visão sobre a cidade é panorâmica, alcançando desde a mais próxima zona histórica até aos limites da pequena capital.

2

2

Lá abaixo, nas imediações da pequena praça central da cidade (foto 2), o melhor é perder-se pelas ruas e vielas, descobrindo pelo caminho remanescências medievais, como a Porta de Miguel — torre que fazia parte da muralha da cidade e que também pode ser visitada —, ou outras atrações mais recentes, como as diversas estátuas pitorescas que rapidamente se tornaram os pontos mais procurados e fotografados pelos visitantes.

Um soldado de Napoleão apoiado no banco da praça, um fotógrafo paparazzi a espreitar numa esquina e um homem de cartola a fazer uma reverência são apenas alguns dos exemplos da irreverência local. Mas todos perdem em popularidade para o “Observador” (foto 1). Literalmente, um trabalhador em bronze a sair de uma tampa de esgoto — a observar por baixo das saias das turistas? —, na esquina entre as ruas Laurinská e Panská.

Para algo mais sério, pode visitar o Museu da Cultura Judaica, o observatório da torre UFO, na Ponte Nova, ou caminhar mais para a zona leste da cidade até encontrar a bela Igreja de Santa Isabel. Mais conhecida como Igreja Azul, por conta da cor dominante da sua fachada e interiores, foi construída na primeira década do século passado e representa na perfeição o estilo art nouveau.

Antes de partir, é proibido não provar a famosa sopa cremosa de alho, servida dentro de um imenso pão, devidamente acompanhada por uma caneca de cerveja artesanal, no Slovak Pub — Rua Obchodna, 62. Afinal, numa cidade de encher os olhos, a barriga não pode nem deve ficar vazia...

Postal

As ruínas do castelo de Devín

3

3

A escassos 10 km de Bratislava, numa colina ventosa que aponta à confluência dos rios Danúbio e Morava, encontra-se o que resta do castelo de Devín (foto 3). Fortificação defensiva original do século IX — provavelmente construída a mando do príncipe Ratislav da Morávia — e uma das mais antigas de toda a Eslováquia, foi quase completamente destruída por Napoleão, em 1809.
Nos limites da fronteira com a Áustria, desde as suas torres e muralhas, pode observar-se o vaivém de barcos que fazem a ligação entre Viena e Bratislava.

Passaporte

Como chegar

Não há voos diretos desde Portugal. Pode ser mais barato voar para Viena de Áustria e daí seguir para Bratislava

A não perder

Castelo de Bratislava

Turismo local

Artigo publicado na edição do EXPRESSO de 18 junho 2016