Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Próximo ano letivo começa até 15 de setembro

  • 333

Nuno Botelho

Ministério da Educação publicou o calendário escolar para 2016/17. As aulas voltam a começar mais cedo, entre 9 e 15 de setembro, e acabam mais tarde. E as provas de aferição já vão incidir sobre outras disciplinas além de Português e Matemática

O próximo ano letivo tem de arrancar nas escolas básicas e secundárias entre 9 e 15 de setembro, voltando o calendário escolar a aproximar-se do que tem sido a prática nos últimos anos. A exceção foi mesmo 2015 quando o anterior Governo, talvez para garantir que não se voltavam a repetir os atrasos pela falta de colocação de professores, atirou o início das aulas para a segunda quinzena de setembro.

O calendário escolar foi publicado no Diário da República de sexta-feira e prevê igualmente que as aulas se arrastem por mais dias. Os que estão em anos de exames nacionais (9º, 11º e 12º) acabam a 6 de junho. Quem frequenta 5º, 6º, 7º, 8º ou 10º anos pode ir de férias a partir de 16 de junho. As crianças do 1º ciclo arrumam as mochilas mais tarde, a 23.

O calendário fixa desde já as datas das provas de aferição e que, no próximo ano letivo, já terão de ser feitas por todos os alunos do 2º, 5º e 8º anos. Este ano vigorou um modelo transitório, como alternativa ao fim dos exames no 4º e 6º, em que só fizeram as escolas que quiseram.

E, tal como anunciado, se a ideia é testar o conhecimento dos estudantes a outras disciplinas que não apenas a Matemática e Português, em 2016/17 as provas já incidirão sobre outras áreas, ainda que não contem para nota. As matérias são rotativas, embora se mantenha sempre uma daquelas disciplinas.

De acordo com o documento do Ministério, as provas de aferição realizam-se ao longo do mês de junho, com as crianças do 2º ano a testar conhecimentos a Matemática e Estudo do Meio e a estrear uma prova de Expressões Artísticas e Físico-Motoras.

Os do 5º ano fazem testes a História e Geografia de Portugal e a Matemática e Ciências Naturais. Os do 8º a Português e a Ciências Naturais e Físico-Química.

Os exames nacionais do 9º ano não sofrem alterações e estão marcados para 22 e 27 de junho.