Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Trabalhadores consulares e Governo chegam a acordo

  • 333

O Ministério dos Negócios Estrangeiros e o Sindicato dos Trabalhadores Consulares e das Missões Diplomáticas assinaram um acordo para compensara desvalorização salarial de funcionários no estrangeiro

O Ministério dos Negócios Estrangeiros e o Sindicato dos Trabalhadores Consulares e das Missões Diplomáticas (STCDE) assinaram na quarta-feira um acordo com vista à criação de um mecanismo de compensação da desvalorização salarial pela flutuação cambial.

Após uma “maratona negocial de 20 dias”, como subllinha o STCDE em comunicado, o acordo “vem dar resposta a um problema que só existe para estes trabalhadores no estrangeiro: a previsibilidade e estabilidade das suas remunerações, fixadas em euros, e pagas em moeda local”

O mecanismo de compensação deverá entrar em vigor a 1 de julho e, segundo o mesmo comunicado, “foi substancialmente melhorado ao acolher 11 das 13 propostas concretas apresentadas pelo STCDE ”, abrangendo “800 trabalhadores em 70 países”.