Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Exame de Português de 9º ano “adequado” e respeitador das metas curriculares

  • 333

nuno fox

Houve Gil Vicente, Mário Dionísio e regras de bom comportamento nos transportes públicos. E, claro, a temida gramática também lá estava. Esta sexta-feira, quase 100 mil alunos do 9 º ano regressaram às escolas para fazer o exame de Português. A Associação de Professores de Português (APP) considerou a prova “adequada”.

“A prova, no seu conteúdo, é adequada ao ano de escolaridade e faixa etária dos alunos, respeitando o programa e as metas curriculares”, lê-se na nota enviada às redações pela APP.

O primeiro grupo do exame apresentava um texto informativo, de Daniel Lam (publicado em 2010 pelo “Diário de Notícias”) sobre os comportamentos e atitudes nos transportes públicos. Um “manual de etiqueta”. “Encontrámos um grau de exigência que apela a uma atenção e concentração por parte dos alunos”, consideram os professores de Português.

Gil Vicente e Mário Dionísio foram os dois autores escolhidos do programa para testar os alunos. No caso do dramaturgo, havia duas versões, uma com “O Auto da Barca do Inferno” e outra com “O Auto da Índia” (aplicados consoante a matéria lecionada em casa escola). Já do autor do século XX saiu o texto “Assobiando à vontade”. Texto e perguntas “apropriadas”, assegura a APP.

Para a composição foi seguida a linha do bom comportamento e das normas de funcionamento social, tendo sido pedido a construção de um texto “simples e apelativo” sobre o relacionamento entre os alunos.

O mais complicado foi mesmo a gramática, que a APP diz ter “um maior índice de dificuldade” este ano, embora as seis perguntas de escolha múltipla “respeitem os conteúdos programáticos em vigor”.

Os resultados da prova desta sexta-feira só vão ser publicados a 13 de julho.

Pode consultar o exame de português de 9º ano AQUI.

  • Acha que passava no exame de Português do 9º ano?

    Esta sexta-feira, quase 100 mil alunos prestaram provas a Português. A Associação de Professores de Português sublinhou que o exame testava, além dos conhecimentos, a atenção e concentração dos jovens. A gramática foi mais difícil. Veja a prova