Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Macaco entra numa central elétrica e provoca apagão geral na Nigéria

  • 333

Macaco entrou na central elétrica nigeriana, apesar das instalações estarem protegidas por barreiras elétricas que mantêm à distância animais selvagens à solta

MARK RALSTON / AFP / Getty Images

Apenas uma minoria da população terá sentido os efeitos. O animal, ao contrário do que seria de esperar, sobreviveu. Foi entregue aos Serviços de Vida Selvagem e deverá ser restituído ao seu habitat

Luís M. Faria

Jornalista

Um macaco provocou um apagão geral no Quénia. Não é piada. Aconteceu esta terça-feira ao fim da manhã, quando o animal entrou na central de Gitaru, pertencente à KenGen, a companhia que fornece 80% da eletricidade consumida no país, e caiu num transformador. O resultado foi o país ter ficado sem eletricidade durante quatro horas.

Quando a central de Gitaru deixou de funcionar, a companhia fechou também as outras. Mas a maioria da população não terá dado por nada, dado que menos de um quarto dos 25 milhões de nigerianos têm eletricidade em casa. Quem sentiu o grosso dos efeitos foram as empresas, embora muitas delas tenham instalado geradores após apagões anteriores e contornado os efeitos deste último.

Numa declaração ao fim do dia, a KenGen explicou que as suas instalações “são protegidas por barreiras elétricas que mantêm à distância animais selvagens à solta. Lamentamos este incidente isolado. A companhia está sempre a procurar formas de aumentar a segurança em todas as nossas centrais”.

O animal, ao contrário do que seria de esperar, sobreviveu. Foi entregue aos Serviços de Vida Selvagem e deverá ser restituído ao seu habitat.

A Nigéria é um dos países africanos com maior taxa de crescimento (o número para este ano deverá andar pelos 6%) mas problemas no fornecimento elétrico são um obstáculo frequente para a economia.