Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

12% das praias com “zero” poluição

  • 333

Alfredo Rocha

Há uma nova categoria de praias em Portugal – as “ZERO poluição”. São 71 em 579 zonas balneares

Carla Tomás

Carla Tomás

Jornalista

Depois das Bandeiras Azuis e das bandeiras de Ouro, surgem agora as praias com “Zero Poluição”. A categoria foi tornada pública pela associação com o mesmo nome, a ZERO (Associação Sistema Terrestre Sustentável), esta quarta-feira, dia que marcou a abertura da época balnear.

São 71 as praias identificadas como isentas de “qualquer contaminação” das águas (ver lista no fim). Este número corresponde a 12 por cento das 579 zonas balneares designadas em Portugal. Ou seja, de acordo com as análises efetuadas pela Agência Portuguesa do Ambiente ao longo das três últimas épocas balneares, revistas e apuradas pela Zero, as águas destas sete dezenas de praias são “excelentes” e nestes três últimos anos nunca registaram indícios sequer de coliformes fecais.

Na sua maioria são praias costeiras (67), mas também se encontram três interiores (Vale do Rossim, em Gouveia, Fraga da Pegada, em Macedo de Cavaleiros, e Zaboeira, na albufeira de Castelo do Bode, em Vila de Rei) e uma de transição, a praia do Farol em Vila Nova de Milfontes, no estuário do Mira.

A Zero indica que os concelhos com maior número de praias com ZERO poluição são Vila Nova de Gaia e Vila do Bispo (6 praias) e Aljezur (5 praias).

No comunicado enviado às redações, a associação ambientalista deixa três alertas aos banhistas: só frequentar praias classificadas, onde há vigilância e onde se conhece a qualidade da água; não deixar lixo na praia, já que “80% dos 12,2 milhões de toneladas de plástico que entram no ambiente marinho em cada ano vêm de fontes terrestres”; e preservar a paisagem e os ecossistemas envolventes das zonas balneares.

AZUIS E DE OURO

Este ano, Portugal conta também com 314 zonas balneares com Bandeira Azul, atribuída pela associação Bandeira Azul da Europa (ABAE), e 382 com Qualidade de Ouro, segundo a lista da Quercus. Ou seja, mais de metade das zonas balneares portuguesas são de boa qualidade.

Os critérios de seleção também variam nestas duas categorias. A ABAE atribui o galardão apenas às zonas balneares que se candidatam, pagando um valor de inscrição, e avalia um conjunto de itens que integram as análises às águas no último ano e o cumprimento de outros parâmetros que passam pela conformidade dos apoios balneares e dos acessos, a existência ou não de vigilância ou de obras na praia, e os projetos de educação ambiental propostos.

Já a Quercus elege as suas com base nas análises oficiais às águas de ida a banhos, tendo este ano acrescentado como critério “a existência de eventuais atentados ambientais ou paisagísticos nas praias”.
Entre as praias que poderão exibir a bandeira de Ouro constam 338 costeiras, 36 interiores e oito de transição.

Em 30 anos de Bandeira Azul, estas mais do que quadruplicaram em Portugal. Em 1987, eram apenas 71 as praias galardoadas e todas costeiras. Este ano, somam 314 as zonas balneares que poderão içar o símbolo de qualidade, sendo 22 delas fluviais. São mais 15 do que as premiadas no ano passado.

A LISTA ZERO

COSTEIRAS

- Albufeira: Inatel-Albufeira; Olhos de Água

- Alcobaça: Água de Madeiros; Pedra do Ouro

- Aljezur: Amado; Amoreira-mar; Arrifana; Monte Clérigo; Odeceixe-mar

- Cascais: Guincho

- Castro Marim: Cabeço; Praia Verde

- Esposende: Fão-Ofir; Rio de Moinhos

- Grândola: Aberta Nova; Carvalhal; Melides

- Ílhavo: Costa Nova

- Loulé: Loulé Velho; Vale do Lobo;

- Lourinhã: Peralta; Porto Dinheiro

- Nazaré: Salgado

- Olhão: Armona-mar; Fuseta-mar

- Peniche: Consolação; Consolação norte

- Pombal: Osso da Baleia

- Portimão: Alvor-nascente; Alvor-poente; Carianos

- Póvoa de Varzim: Barranha; Codixeira; Paimo

- Praia da Vitória: Praia da Riviera

- Santa Cruz: Garajau

- Santiago do Cacém: Costa de Santo Andrá

- Setúbal: Galapos; Portinho da Arrábida

- Silves: Praia Grande-nascente

- Sines: Grande de Porto Covo; Morgavel, S. Torpe; Vieirinha; Vale de Figueiros

- Tavira: Barril; Cabanas-mar; Ilha de Tavira-mar; Terra Estreita

- Vagos: Areão; Vagueira

- Viana do Castelo: Afife; Insua

- Vila do Bispo: Almadena-Cabanas Velhas; Boca do Rio; Furnas; Mareta; Martinhal; Zavial

- Vila do Conde: Mindelo

- Vila Nova de Gaia: Aguda; Dunas Mar; Mar e Sol; Marbelo; Sãozinha; Valadares Sul

- Vila Real de Santo António: Fábrica-mar; Lota

INTERIORES E DE TRANSIÇÃO

- Gouveia: Vale do Rossim

- Macedo de Cavaleiros: Fraga da Pegada

- Vila de Rei: Zaboeira (alb. Castelo Bode)

- Odemira: Vila Nova de Milfontes-Farol