Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Jornalistas do Expresso e da SIC vencem prémio de jornalismo da Liga Portuguesa Contra o Cancro

  • 333

Da direita para a esquerda: os jornalistas Nelson Marques (Expresso) e Raquel Marinho (SIC), o ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, e a diretora-geral da Sanofi Pasteur, Cristina Laíns

Reportagem Expresso/SIC “Estou grávida, tenho cancro, e agora?”, de Nelson Marques e Raquel Marinho, com imagem de José Eduardo Zuzarte e edição de Andrés Gutierrez, foi distinguida na categoria Audiovisuais. A jornalista Sara Sá, da “Visão”, foi premiada na de Imprensa

A história de cinco mulheres que enfrentaram o cancro durante a gravidez valeu aos jornalistas Nelson Marques (Expresso) e Raquel Marinho, José Eduardo Zuzarte e Andrés Gutierrez (SIC) o Prémio de Jornalismo 2015 da Liga Portuguesa Contra o Cancro, na categoria Audiovisuais, entregue esta terça-feira em Lisboa pelo ministro da Saúde Adalberto Campos Fernandes.

"Estou grávida, tenho cancro, e agora?", exibida na antena da SIC em julho do ano passado, narra a história de mulheres que tiveram de enfrentar o inimaginável. Num momento estavam na fase mais feliz da vida; no instante seguinte, viam o seu mundo desabar, a vida fugir-lhe entre os dedos. Dá para imaginar a montanha-russa de emoções?

O cancro na gravidez é uma situação muito rara, embora cada vez mais frequente: afeta cerca de uma a cada mil mulheres. Até perto do início deste milénio, só existiam duas alternativas para quem estivesse nessa situação: ou abortar ou aguentar a gestação até que o feto tivesse viabilidade, induzindo o parto prematuramente para poder iniciar os tratamentos. Mas hoje, em alguns tipos de cancro, já é possível fazer quimioterapia enquanto o bebé cresce na barriga da mãe.

Sara Sá, da "Visão", venceu na categoria Imprensa, com o trabalho "Cancro, vais ter luta". Marlene Carriço, do "Observador", e Cláudia Pinto, da "Notícias Magazine", receberam menções honrosas.

O prémio é entregue anualmente e conta com o apoio da farmacêutica Sanofi Pasteur, MSD.

Recorde aqui a reportagem vencedora:

  • Filhos da quimio

    Nenhuma mulher está preparada para ouvir que tem cancro. Muito menos quando está grávida. Três histórias de quem enfrentou o inimaginável.