Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Estratégia nacional contra a sida muda de mãos

  • 333

António Diniz vai ser substituído pelo médico infecciologista Kamal Mansinho

O Ministério da Saúde decidiu substituir o diretor do Programa Nacional para a Infeção VIH/Sida e Tuberculose, António Diniz. O médico vai dar o lugar a Kamal Mansinho, diretor do Serviço de Doenças Infecciosas do Hospital de Egas Moniz, integrado no Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental.

Ao Expresso, o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Fernando Araújo, justificou a decisão com a necessidade de renovar a estratégica portuguesa contra o VIH. "O Doutor Kamal Mansinho tem o conhecimento técnico e científico, muita credibilidade na área e um grande enfoque nas questões da prevenção, que queremos privilegiar", explicou Fernando Araújo.

O infecciologista acompanha a evolução do vírus há muitos anos e é reconhecido pela atividade no terreno. Kamal Mansinho terá ainda a seu cargo um novo programa nacional dedicado às hepatites víricas. "Há necessidade de mais estudos", explicou o governante.