Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Menos idosos a receberem o Complemento Solidário

  • 333

JOSÉ MANUEL RIBEIRO / AFP / Getty Images

As mulheres representam a maioria dos beneficiários. Em termos geográficos, o maior número concentra-se no Porto

O número de idosos que recebe o Complemento Solidário baixou em abril, mês em que abrangeu 161.655 beneficiários, menos 2544 do que em março, revelam dados do Instituto da Segurança Social (ISS).

As mais recentes estatísticas da Segurança Social (ISS), atualizadas a 20 de abril, apontam uma diminuição de 1,5% face a março, mês em que 164,199 idosos beneficiaram desta prestação social.

Comparando com abril do ano passado, verificou-se uma quebra de 3,1%, passando de 166,786 para os atuais 161,655, o que representou menos 5131 idosos a receberem esta prestação social.

As mulheres representam a maioria dos beneficiários, totalizando 113.168, adiantam os dados publicados no site da Segurança Social.

A maior parte dos beneficiários reside no distrito do Porto (26.069), seguindo de Lisboa (23.985) e de Braga (12.227).

O Complemento Solidário para Idosos é um apoio em dinheiro pago mensalmente às pessoas com mais de 66 anos, com baixos recursos financeiros.

Em janeiro, o valor de referência do Complemento Solidário para Idosos aumentou para os 5059 euros por ano, ou seja 421,58 euros por mês.