Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Praias de “ouro” somam e seguem. São 382 este ano

  • 333

A praia da Bordeira, na costa vicentina, é uma das classificadas com qualidade de ouro

Nuno Botelho

A Quercus elegeu 382 zonas balneares como tendo “Qualidade de Ouro”. São mais 68 do que as galardoadas pela associação ambientalista em 2015 e também mais 68 do que que as classificadas com bandeira azul este ano

Carla Tomás

Carla Tomás

Jornalista

A duas semanas da abertura oficial da época balnear, a Quercus anuncia a sua lista de praias com "Qualidade de Ouro". São 382 as eleitas pela associação ambientalista, que há cinco anos faz esta seleção com base nas análises oficiais às águas de ida a banhos. Este ano, acrescentou um novo critério: "A existência de eventuais atentados ambientais ou paisagísticos nas praias".

Entre as praias que poderão exibir a bandeira de "ouro" constam 338 costeiras, 36 interiores e oito de transição. A maioria localiza-se no continente e 61 nos arquipélagos dos Açores (41) e da Madeira (20).

O concelho com maior número de praias galardoadas é Albufeira (22), seguido de Vila Nova de Gaia (18), Almada (16), Torres Vedras e Vila do Bispo (12).

Excluídas da lista de 2016 estão duas praias fluviais e três costeiras, entre as quais a Dona Ana, em Lagos, devido ao que os ambientalistas classificam como "atentado ambiental ou paisagístico", já que em 2015 esta praia foi alvo de intervenções para alargar o areal de modo a manter a zona balnear segura para banhistas, devido ao perigo de queda de arribas, afetando a paisagem desta zona balnear.

A lista da Quercus é normalmente maior que a da bandeira azul – este ano são mais 68 praias – porque não exige a candidatura dos municípios e tem menos critérios para análise.

  • Veja se a sua praia é uma das 314 com bandeira azul

    Este ano são mais 15 praias a receber a bandeira azul e pela primeira vez a lista ultrapassa as três centenas. No total, são 314 as zonas balneares galardoadas com o símbolo de qualidade – o quádruplo de há 30 anos