Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Qui sont ces Filles? *

  • 333

Maria Rita

Um novo projeto de moda português chegou à internet na semana passada: “Les Filles”, uma criação de Maria João Fialho e Joana Bernardo, pretende ser uma loja diferente, que recupera o conceito de boutique dos anos 60

* Quem são estas miúdas?

Lojas com curadoria? Como numa exposição de arte? É essa a ideia. Pelo menos, foi esse o conceito das "Miúdas", a saber, Maria João e Joana, ambas de 28 anos. Joana é maquilhadora 'freelancer', Maria João aluga um apartamento a turistas. Mas elas são muito mais que isso - e em comum têm um gosto particular por moda e por uma visão diferenciada que as levou a acreditar que poderiam criar algo ainda inexistente no nosso país. "Uma loja multimarcas para mulher, com peças escolhidas a dedo, com uma curadoria muito especial. Sentimos que havia muito poucas à altura, com peças de qualidade", explicam as amigas, que se conheceram no curso de Design de Moda na Faculdade de Arquitetura de Lisboa.

Findo o curso, cada uma seguiu o seu caminho. Joana rumou a Londres, onde continuou a estudar maquilhagem, tirou um BA (Bachelor of Arts) em Make-Up & Hair Styling, no London College of Fashion, e regressou a Lisboa, onde trabalha como maquilhadora de moda e publicidade e como assistente de 'styling'. Maria João teve um percurso diferente. Ficou por terras lusas. Fez um mestrado em História de Arte Moderna, trabalhou no MUDE, e depois enveredou na publicidade, em que trabalhou três anos. Mas este não era o seu mundo, afirma -e por isso, há pouco mais de um ano, as duas amigas começaram a cozinhar esta ideia.

Uma das peças de roupa vendidas no site "Les Filles", do designer portuense Pedro Neto

Uma das peças de roupa vendidas no site "Les Filles", do designer portuense Pedro Neto

A "Les Filles", que nasceu este mês para o mundo, reúne "designers" pouco conhecidos das massas - e peças diferenciadas, escolhidas a dedo. É esse o objetivo. Nomes como os da estilista americana Rachel Antonoff, do espanhol Andres Gallardo, da marca australiana Soot, ou do 'designer' portuense Pedro Neto (e da Marques'Almeida, dupla Portuguesa radicada em Londres, disponível em breve), marcam o tom. São "designers que têm mais a ver com estilo do que com modas ou tendências", contam "Les Filles". Que produzem peças "intemporais, que primam pela qualidade". Os preços também apontam para cima, mas a dupla acredita que há mercado para "um nicho que valoriza a qualidade e um certo nível de exclusividade".

Uma das jóias do espanhol Andrés Gallardo vendida no "Les Filles". Personalização e requinte são pedras de toque.

Uma das jóias do espanhol Andrés Gallardo vendida no "Les Filles". Personalização e requinte são pedras de toque.

Maria João e Joana, "Les Filles", querem "criar um universo próprio, com uma linguagem própria, um selo de qualidade". O nome do projeto, que nasceu de um 'brainstorming', foi "amor à primeira vista". É esse mesmo sentimento que estas miúdas querem despertar.

Este lenço da estilista escocesa Karen Mabon é outro exemplo de peça escolhida por Maria João Fialho e Joana Bernardo para o seu site/boutique de moda.

Este lenço da estilista escocesa Karen Mabon é outro exemplo de peça escolhida por Maria João Fialho e Joana Bernardo para o seu site/boutique de moda.