Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Aproveitar o fim-de-semana - quer o S. Pedro queira, quer não

  • 333

Mesmo que a Primavera teime em esconder-se, nós teimamos mais do que ela. Lisboa e Porto têm atividades sobejas para preencher o fim-de-semana. Com ou sem miúdos por perto.

Um bairro alfacinha, uma iniciativa surpresa de três em três meses, e mais de 60 propostas culturais em 30 espaços diferentes para celebrar Lisboa. Parece-lhe bem? Ah! Já lhe dissemos que tudo isto era grátis? Pois é, o Trampolim Gerador escolheu a Mouraria, com as suas ruelas típicas, para dar música, performances ao vivo, teatro, fotografia, arte urbana, artes plásticas, oficinas, cinema, gastronomia, visitas guiadas e muito humor, pela mão de vários artistas convidados e com um amplo envolvimento da comunidade local. Entre as 15h e as 24h de sábado 14 de maio, será possível passear pelo famoso Largo da Severa, a Igreja da Nossa Senhora do Socorro, passando pelo Zé da Mouraria ou pelo Chinês Clandestino, até ao fantástico e secreto edifício da Inatel (que remonta ao século XIII, quando foi construído para ser um hospital para crianças, o mais antigo em Portugal).

Miguel Bica, o mentor do Trampolim Gerador, promete 150 artistas de todo o país, com ofertas tão diversas como o funaná dos Celeste /Mariposa, um concerto íntimo de JP Simões na escadaria do Largo do João do Outeiro, um espectáculo de teatro às escuras numa garagem - "Escuridão Bonita" -, poesia na Igreja Nossa Senhora do Socorro, pelas vozes de Carla Chambel, Vicente Alves do Ó e Filomena Cautela, e uma festa de encerramento surpresa na "melhor varanda da Mouraria". Tudo isto, além do espaço Inatel, gratuitamente para si, por um sábado inteirinho, para quem gosta de cultura.

Concertos, 'performances', teatro ou artes plásticas são apenas algumas das mais de 60 iniciativas culturais que o Trampolim Gerador promove este sábado, na Mouraria.

Concertos, 'performances', teatro ou artes plásticas são apenas algumas das mais de 60 iniciativas culturais que o Trampolim Gerador promove este sábado, na Mouraria.

Marta Santos

Os amantes da música têm em Sintra um belo programa este fim-de-semana. Inserido no Festival de Sintra, sábado 14 há concerto de piano a quatro mãos. Mário Laginha e Pedro Burmester prometem, no Centro Cultural Olga Cadaval, uma viagem musical por vários locais e ritmos do globo – de Cuba a Lisboa, da França de Debussy e Ravel ao Brasil, com a mestria do costume. No Domingo, os sons viram-se para a Europa da Europa, já com sussurros de Ásia. Rüya Taner, uma das principais concertistas da nova geração da Turquia, juntou-se a Dinçer Özer, o principal percussionista da Orquestra Sinfónica Presidencial de Ancara para trazer um pouco daquele país ao Palácio Nacional de Sintra.

Pedro Burmester e Mário Laginha dão este sábado um concerto a quatro mãos, em Sintra.

Pedro Burmester e Mário Laginha dão este sábado um concerto a quatro mãos, em Sintra.

LUCILIA MONTEIRO

Aproveitando estar naquelas paragens, pode sempre experimentar um restaurante com êxito garantido. Não será para todos os dias, ou para qualquer bolsa, mas o Lab, do chef Sergi Arola, vale a visita. A lista de vinhos tem 550 (!) à escolha, e há apenas 22 lugares sentados - e três possíveis entradas, quatro pratos principais e duas sobremesas. Há ainda três menus de degustação, com preços entre os 90€ e os 130€. O espanhol Arola recriou na Penha Longa o seu famoso Gastro de Madrid – e a aposta neste "laboratório de ideias" parece ganha.

O chef Sergi Arola é o seu anfitrião no Lab, um restaurante-experiência na Penha Longa

O chef Sergi Arola é o seu anfitrião no Lab, um restaurante-experiência na Penha Longa

Marcu Ovidiu

Quem prefere ficar por Lisboa e ter uma experiência gastronómica mais caseira, encontra uma excelente opção na recém-aberta Pizzaria do Bairro, por trás do Teatro da Trindade, no Chiado. O pizzaiolo é Giulian Fetahu, um albanês que viveu em Itália a vida toda - como a irmã, Esmeralda, a artista plástica responsável pela decoração do espaço. Do tecto pende toda uma horta - tomates, courgettes, pimentos e relva -, que dá frescura ao sítio. E na ementa - que contou com a consultoria de Augusto Gemelli -, há iguarias interessantes e variadas. Para entrada, recomendamos a burrata de búfala, a bruschetta de bacalhau e os mini panzerotti de requeijão e abóbora. Nos pratos principais, destacam-se o polvo, o risotto de cogumelos frescos, salsicha fresca e queijo provola fumado, e o hamburguer de pizzaiolo com maionese de alho e ervas (uma pizza com hamburguer "escondido" lá dentro). Finalmente, à sobremesa, não dispense o semi-frio, com três tipos de chocolate. Uma escolha para quem gosta dos verdadeiros sabores italianos, com um cheirinho a gastronomia portuguesa.

A recém-aberta Pizzaria do Bairro, ao Chiado, serve pratos com verdadeiros ingredientes italianos, ao mesmo tempo que pisca o olho ao comensal português.

A recém-aberta Pizzaria do Bairro, ao Chiado, serve pratos com verdadeiros ingredientes italianos, ao mesmo tempo que pisca o olho ao comensal português.

E para que os vegetarianos não se sintam negligenciados, aqui fica uma sugestão que pretende ter cozinha de autor para este público específico: o Viva Lisboa, na Estefânia, que conta com o chef Laffan na cozinha (1 estrela Michelin), vai passar a ter terças e quintas-feiras dedicadas à cozinha vegetariana.

O Viva Lisboa, à Estefânia, pretende ter cozinha de autor vegetariana, às terças e quintas-feiras.

O Viva Lisboa, à Estefânia, pretende ter cozinha de autor vegetariana, às terças e quintas-feiras.

E para os mirins?

Para quem tem crianças a seu cargo, este sábado há um concerto musical que promete transportar crianças e mais velhos para o maravilhoso mundo da infância. No Auditório Professor Simões dos Santos, na Faculdade de Medicina dentária da Faculdade de Lisboa, às 16h30, o espectáculo de música ao vivo "Emotion Fantasy" recria as principais músicas dos filmes da Disney, do Rei Leão a Frozen, e de Pinóquio a Aladino. O resultado? Um sorriso nos lábios e muita alegria garantida. Cada bilhete custa 10€, mas os menores de 6 anos não pagam - e as famílias numerosas têm um desconto. Reservas necessárias para o 935 042 292.

Ainda na senda dos concertos, mas desta feita, com imagens, sábado e domingo há programa para famílias (com crianças a partir dos 6 anos) na Sala Mário Viegas do Teatro S. Luiz. "Tutu, um espetáculo para famílias" apresenta, às 16h, um concerto de imagens, lanternas mágicas, gramofones e música ao vivo. Passado no período entre a Primeira e a Segunda Guerra Mundial, este conto musical começa com uma menina que dança todos os estilos da época - do tango ao sapateado, do 'vaudeville' à dança de salão, do ballet clássico ao Bauhaus. Marcado pelo ritmo e pela projeção num ecrã gigante, as imagens são criadas através de manipulação manual e mecânica de objectos quotidianos, em diferentes materiais, estando os músicos e os manipuladores visíveis ao público. Uma bela experiência multimédia.

Se os seus filhos não saem da frente do computador, por que não ensiná-los a programar? Este sábado, das 15h às 18h, no espaço CoderDojoLX, em Carnide, as crianças dos 6 aos 12 anos são convidadas a aprender a fazer um site, a criar um jogo de raíz ou a programar um robot. Tudo atividades que farão as delícias dos mais novos – e ainda por cima são gratuitas. Ao menos, sempre rentabiliza todo o tempo passado frente ao ecrã...

E para quem tem filhos bebés, a partir dos 8 meses existe uma atividade que promete ocupá-los – e sujá-los - durante umas horas. Este domingo, às 10h30, no espaço Saúde Med, em Benfica, "Vamos pintarolar, cantar e fazer barulho". Ouvir diferentes sons, brincar com instrumentos musicais, fazer a sua própria orquestra e muito barulho, cantando e batendo palmas, é a proposta. "Para levar o barulho para casa" e contribuír para a felicidade dos pais, as crianças vão construir e pintar as suas maracas (instrumento cubano), com tintas especiais e comestíveis. Inscrição prévia necessária, para o 934977450.

Pintarolar, cantar e fazer barulho - além das suas próprias maracas, para levar para casa -, é a proposta do espaço Saúde Med neste domingo

Pintarolar, cantar e fazer barulho - além das suas próprias maracas, para levar para casa -, é a proposta do espaço Saúde Med neste domingo

Jo Unruh

Enquanto isso, lá em cima...

No Porto, se é fã da cultura mexicana, não pode perder a Semana do México, que acontece no Mercado do Bom Sucesso até 20 de Maio (e é gratuito). Cultura e gastronomia, música e cinema fazem parte do cardápio desta mostra que pretende dar a conhecer mais sobre este gigante desconhecido da América Central. Sábado 14, o escritor mexicano David Toscana estará presente para falar dos seus livros, às 15h, e às 17h, as crianças são benvindas ao atelier gastronómico Pratos com História”, orientado por Saphir Cristal. Às 19h, há um desfile de moda da 'designer' Nelyda Acosta, inspirado na pintora Frida Khalo, e finalmente, termina com um espetáculo musical de Mariachis. No domingo, é a vez do cinema mexicano mostrar-se. Às 18h30, é exibido “Un día menos” (2010), da realizadora Daniela Ludlow. Às 21h30, um espectáculo de música clássica, com peças dos compositores mexicanos Miguel Bernal e Arturo Márquez, encerra o dia.

No Mercado do Bom Sucesso, até dia 20, há várias iniciativas, gastronómicas, musicais e culturais para conhecer melhor o México

No Mercado do Bom Sucesso, até dia 20, há várias iniciativas, gastronómicas, musicais e culturais para conhecer melhor o México

Lucília Monteiro

Se o guacamole e os tacos não constam da sua predileção, o restaurante Rib, no Porto, pode ser uma alternativa com elevado grau de sucesso. Localizado na bela zona da Ribeira, no renovado hotel Pestana Vintage, o Rib tem carne, como o nome indica, muita e variada. Há carpaccio, bife tártaro, entrecôte marmoreado, ou vazia maturada durante 14 dias, com puré de batata com trufa a acompanhar. Mas também há gin e vinho, para a carne 'escorregar' melhor no palato dos comensais.

No renovado hotel Pestana Vintage, o Rib é uma homenagem à (boa) carne

No renovado hotel Pestana Vintage, o Rib é uma homenagem à (boa) carne

Lucília Monteiro

Para os mais novos, o próximo sábado traz o primeiro Festival da Criança do Castêlo da Maia. No mercado municipal, há uma série de atividades desportivas, didáticas e recreativas para todos os que quiserem usufruir disso gratuitamente. Passeios a cavalo, brincadeiras nos insufláveis, atividades musicais, modelagem de balões e pinturas faciais fazem parte do programa. Confirmadas estão as presenças de Francisco Moreira, vencedor do Grande Prémio do Fado, Henrique Moreira, semifinalista do programa "Portugal Tem Talento" e o Coral Infantil Municipal do Pequenos Cantores da Maia. Os meninos são ainda incentivados a levar um brinquedo em bom estado, para promover uma troca.

No domingo de manhã, às 11h, o Mar Shopping realiza as suas habituais atividades (gratuitas) para os mais novos. "Uma casa para habitar sentimentos" é o que irá ser construído pelos pequenos, como forma de lá encerrar os maus sentimentos à chave e fazê-los desaparecer. Prender o medo, as dores e as lágrimas numa casa de papel será o desafio deste dia 15. Bom fim-de-semana!

Os Dominguinhos, no Mar Shopping, têm sempre atividades para as crianças, de manhã.

Os Dominguinhos, no Mar Shopping, têm sempre atividades para as crianças, de manhã.