Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Inspeção obrigatória para motas a partir de 250cc

  • 333

A inspeção obrigatória a motos, com cilindradas superiores a 250cc, vai arrancar em outubro e deverá custar 12,50 euros mais IVA

Já estava previsto um alargamento da inspeção dos veículos a motor em 2016. Mas a Associação Nacional de Centros de Inspeção Automóvel (ANCIA) quer ir mais longe. De acordo com o "Jornal de Notícias" esta quarta-feira, o presidente da ANCIA, Paulo Areal, quer passar a fazer inspeções a todas as motas, tratores e máquinas industriais.

A inspeção obrigatória a motos, com cilindradas superiores a 250cc, vai arrancar em outubro e deverá custar 12,50 euros mais IVA, revelou ao Paulo Areal ao "JN". Ainda em conversações estará a estensão das inspeções a todos os veículos de duas e três rodas, tratores e máquinas industriais.

Segundo o presidente da ANCIA, devido aos centros terem feito investimentos avultados para acolher as inspeções às motas e por isso em vez dos 80 mil veículos de duas rodas com 250cc queriam passar a acolher todas as motas a partir de 50cc. Só nesta classe de cilindrada, existem um milhão de veículos em circulação em Portugal.

Fonte do Ministério do Planeamento e das Infraestruturas confirmou ao "JN" que a extensão de inspeção às cilindradas mais baixas "está a ser estudada, valendo a pena ser analisada com mais cuidado".