Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Turismo de aldeia: um reconfortante regresso às origens

  • 333

d.r.

Ver as árvores a florir, caminhar entre o verde da paisagem e repousar com o inconfundível cheiro da terra molhada. Com a chuva a regressar, redescubra o interior de Portugal

Fernando Brandão

Não há nada a fazer. São Pedro decidiu não dar tréguas e depois de dias quentes que à memória trouxeram o verão, a chuva e o frio voltaram. Avizinham-se tardes cinzentas, propícias para ouvir as gotas a salpicar o peitoril das janelas. Parta à descoberta do charme do interior do país, com esta dezena de sugestões selecionadas pelo guia Boa Cama Boa Mesa para um fim de semana romântico ou em família.

Sugestões

Chão do Rio

Na simpática aldeia de Travancinha, e também onde começa o Parque Natural Serra da Estrela, encontra este paraíso quase perdido, onde seis casas se espalham por oito hectares de natureza em estado quase puro. Cada moradia foi construída com matérias da região e cobertas com palha, que lhe conferem quase um ar de casinhas de brincar. Cinco são T1, a outra é um T2, isolada a 100 metros das restantes casas. Ficam todas perto da piscina biológica onde, durante a noite e com o frio, se eleva uma neblina quase mística, perfeita de observar pelas janelas e com o calor da lenha a arder. Preços a partir de €100.

Chão do Rio, Rua da Calçada Romana, Travancinha, Seia. Tel. 919 523 269

Villa Pedra Natural Houses

Mais do que uma unidade hoteleira, aqui há uma localidade inteira para descobrir com vagar. Este projeto nasceu na abandonada Aldeia de Cima e conta com oito casas recuperadas, batizadas com nomes de plantas e árvores das redondezas. A construção implicou estudo e investigação, sendo que hoje há espaços para alugar feitos segundo técnicas antigas, com materiais pouco usuais, que, ainda assim, são garante absoluto de conforto pleno. Num novo espaço na aldeia, chamado A Cozinha, pode, por marcação, descobrir sabores antigos mas deliciosos. Preços a partir de €120.

Aldeia de Cima, Cotas, Soure. Tel. 910 731 194

Casas do Côro

Na realidade, encaixar as Casas do Côro na categoria de alojamento turístico puro e duro é desonesto. Porque aqui o hóspede é recebido para se sentir em casa fora de casa. Para estes dias chuvosos, nada melhor do que aproveitar o Eco Friendly Concept SPA, um espaço de saúde, beleza e bem-estar majestosamente criado de raiz no centro de um jardim de oliveiras centenárias. As casas, encostadas ao castelo da aldeia, oferecem diversas tipologias, todas com um ponto em comum: a elegância. Preços a partir de €125.

Largo do Côro, Marialva. Tel. 917 552 020

Luz Charming Houses

A receção é feita no edifício central da aldeia, batizado como Mãe Casa, por uma das filhas do casal proprietário. Ao todo são 15 casas, que se distribuem por nove quartos, cinco suítes superiores, com cozinha, sala de estar e lareira, e uma master suite. O espaço exterior contempla também uma ermida, um abrigo de ovelhas, uma cisterna centenária e um forno a lenha, para fazer o pão. O Luz Retreat, o espaço wellness, encontra-se bem escondido numa gruta natural. Preços a partir de €115.

Rua Principal, 78, Moimento. Tel. 249 532 275

Carya Tallaya – Casas de Campo

O nome soa estranho, mas terá como origem o topónimo “Caria Atalaia” que significa aldeia sentinela. É, pois, nesta pequena localidade que encontra quatro casas, três T2 e uma T1, belas e sedutoras pelo contraste que apresentam entre as tradicionais técnicas de construção do exterior, com granito típico da Beira Alta e a decoração sofisticada do interior. Lá fora, encontra uma horta e uma piscina, ambas biológicas, além de um agradável alpendre com lareira perto para os dias que se avizinham. Preços a partir de €90.

Rua do Saco, 6, Vale das Éguas. Tel. 926 035 183

Aldeia da Mata Pequena

Este pequeno povoado rural, composto por uma dezena de casas, fica a apenas 30 minutos de Lisboa, mas bem longe do rebuliço da capital. Os hóspedes têm como vizinhos alguns residentes permanentes na aldeia. Todos os dias de manhã, os ingredientes para o pequeno-almoço e o pão quente, cozido no forno a lenha, são colocados à porta de cada casa. São os visitantes que preparam a sua própria refeição. Os alojamentos dividem-se entre 13 apartamentos T1, T2 e T3, estão equipados com cozinha e decorados num estilo muito típico. Recentemente abriram mais duas casinhas recuperadas, com os nomes Casa do Ti Eduardo e a Casa do Lagar e, em setembro, inauguraram a Casa do Vinho. Preços a partir de €60.

Rua S. Francisco de Assis, Igreja Nova, Mafra. Tel. 219 270 908

Aldeia da Pedralva

Em plena Costa Vicentina, recuperou-se uma aldeia, mantendo-se a calma e a tranquilidade que caracterizam a região. Ao todo são 31 as casas disponíveis, com um, dois ou três quartos, e todas com kitchenette. Cada uma das habitações tem o nome de uma das praias que pode explorar a partir da aldeia, através de um acesso fácil. Opte pelo aconchego do restaurante típico ou pelo Café Central, abertos todos os dias. Caso pretenda, use a zona do forno da aldeia para preparar refeições. Preços a partir de €80.

Aldeia da Pedralva, Vila do Bispo. Tel.: 282 639 342

Póvoa Dão

É um dos mais antigos povoados na região de Viseu, com cerca de 30 casas em pedra granítica, cuja existência remonta a antes de 1258. Foi recuperada com esmero para turismo de aldeia e de natureza. Dez das casas podem ser alugadas e oferecem lareira para as noites mais frias e chuvosas. Há um espaço central de apoio, onde se incluiu um bar e um restaurante de comida tradicional. É ideal para apreciadores da natureza, com trilhos para caminhadas e outros para desbravar de bicicleta ou a cavalo. Preços a partir de €65.

Póvoa Dão, Silgueiros, Viseu. Tel.: 232 958 557

Casas da Juromenha

Tem cinco casas e mais um quarto duplo na casa principal, junto a uma paisagem deslumbrante, mesmo à beira do rio. À frente, a localidade espanhola de Olivença, por trás, o Castelo de Juromenha, que transporta os visitantes para os tempos das ocupações árabes e reconquista cristã. É um espaço de tranquilidade e lazer num dos pontos mais fotogénicos do rio Guadiana. As casas estão devidamente equipadas com lareiras e alpendres cobertos para que possa ter todo o conforto num ambiente rural. Preços a partir de €75.

Ribeira de Mures, Juromenha. Tel. 268 969 242

Bairro do Casal

Tem cinco casas equipadas com confortáveis e apetecíveis salamandras ou lareiras, prontas para se encherem de lenha nestes dias que se adivinham mais frios. Há ainda uma pequena cozinha que poderá transformar o fim de semana numa aventura recatada, longe de tudo e de todos. Cada casa tem o nome de um antigo habitante da aldeia, e oferece ainda a possibilidade de ver a chuva a cair, com uma manta nas pernas, no alpendre de madeira. O pequeno-almoço é levado de manhã, quentinho, à porta dos quartos. Preços a partir de €75.

Murça do Douro, Vila Nova de Foz Côa, Tel. 279 788 162

PROPOSTAS

“Boa Cama Boa Mesa” na SIC Notícias: novos sabores de Braga

Este fim de semana na SIC Notícias (com repetições na SIC Mulher e SIC Internacional) conheça os surpreendentes sabores do ketchup de alperce ou de ameixa da Groselha-Espim, deixe-se encantar com a beleza do novo hotel Villa Garden Braga, e aprecie as propostas do restaurante Delicatum. Fique atente ao passatempo semanal e ganhe uma noite para duas pessoas no hotel Villa Garden Braga.

Boa Cama Boa Mesa 2016

Fique a conhecer os vencedores do Garfo de Platina para o melhor restaurante de Portugal e a Chave de Platina que distingue a melhor unidade hoteleira do país. A atribuição do Prémio Carreira, a primeira avaliação tecnológica dos restaurantes e alojamentos portugueses e a oferta de €1000 em cupões de desconto são algumas das novidades desta edição. O guia, com um custo de €9,90, dá a conhecer 560 restaurantes e 446 alojamentos, entre hotéis, pousadas e turismos em espaço rural, dezenas dos quais, inaugurados há menos de um ano. Paralelamente à edição do guia, está também disponível a APP Boa Cama Boa Mesa para iOS e Android.