Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Beneficiários da ADSE decidem abertura do serviço aos cônjuges

  • 333

Segundo o ministério da Saúde, a “revisão do modelo institucional, estatutário e financeiro da ADSE” está a ser estudada por uma comissão até 30 de junho

Fica tudo em família, podemos dizer. A decisão de abrir a ADSE aos cônjuges dos funcionários públicos ficará nas mãos dos atuais beneficiários e aposentados que descontam para o subsistema, conta o "Jornal de Negócios" esta quinta-feira. Esta medida só deverá ser aplicada quando for instaurado o novo modelo da ADSE, o que provavelmente só ocorrerá em 2017.

"O eventual alargamento do universo de beneficiários da ADSE deve ser uma decisão dos beneficiários na futura organização, a quem deve competir também definir as condições desse eventual alargamento", disse fonte oficial do ministério da Saúde, ao "Negócios".

Desde fevereiro que este alargamento tem vindo a ser tema de discussão dentro e fora do Parlamento. O Orçamento de Estado justificava os valores alocados para a ADSE com "o alargamento da base de beneficiários a cônjuges dos beneficiários titulares, trabalhadores do sector empresarial do Estado e outras entidades públicas e a filhos até aos 30 anos".

Segundo o ministério da Saúde, a "revisão do modelo institucional, estatutário e financeiro da ADSE" está a ser estudada por uma comissão até 30 de Junho. A ser aplicado, só terá consequências a partir de 2017.