Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Governo assegura 35 horas para todos os enfermeiros

  • 333

O SNS tem 37.928 enfermeiros

Antonio Pedro Ferreira

Hospitais terão de abrir bolsas de recrutamento para enfermeiros até 1 de julho, data em que entra em vigor as 35 horas semanais

O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) obteve esta quarta-feira a garantia de que o regime das 35 horas será aplicado a toda a classe. A notícia foi avançada pelo “Negócios” e entretanto confirmada pelo Expresso.

“Os ministérios da Saúde e das Finanças asseguraram que as 35 horas são para aplicar a todos os enfermeiros a partir de 1 de julho, sendo que para os enfermeiros com contratos individuais vai ser necessário a negociação de um instrumento de regulamentação coletiva, que terá que estar concluída até essa altura”, diz ao Expresso Guadalupe Simões, dirigente do SEP.

A responsável falava à saída de uma reunião no Ministério das Finanças, que contou também com a presença de elementos do Ministério da Saúde.

“Neste sentido, pode dizer-se que o encontro foi positivo. Foi o reassumir por parte dos ministérios das Finanças e da Saúde de um compromisso que já tinha sido dito a 16 de fevereiro. Para nós só faltava de facto a garantia de ser cumprido esse compromisso”, acrescenta o sindicalista.

Entretanto, os hospitais terão de abrir bolsas de recrutamento para enfermeiros até 1 de julho, data em que entra em vigor as 35 horas semanais.

Há um mês, o ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, afirmou no Parlamento que o regresso às 35 horas semanais vai exigir a contratação de 1500 a 1700 enfermeiros.