Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Seis homens identificados por suspeita de envolvimento em desordem no Cais do Sodré

  • 333

Quatro homens, com idades entre os 22 e os 24 anos, foram identificados no Hospital de São José. Os outros dois, de 26 e 30 anos, foram identificados no Hospital Garcia de Orta, em Almada, e um deles tinha ferimentos

A polícia identificou seis homens por suspeitas de envolvimento numa desordem ocorrida na manhã de segunda-feira na zona do Cais do Sodré, em Lisboa, da qual resultaram vários feridos, informou hoje o Comando Metropolitano de Lisboa (Cometlis) da PSP.

Fonte do Cometlis disse à agência Lusa que o episódio de violência aconteceu cerca das 07h30, alegadamente desencadeado por uma discussão entre um grupo e o proprietário de um restaurante, na Rua Dom Luís I.

Segundo a polícia, o proprietário, de 35 anos, foi assistido no local por elementos do Instituto Nacional de Emergência Médica e transportado para o Hospital de São José, mas já teve alta hospitalar.

Ainda na segunda-feira, a PSP identificou seis dos suspeitos de envolvimento “nas agressões mútuas”.

No Hospital de São José, a polícia identificou quatro homens, com idades entre os 22 e os 24 anos.

Outros dois homens, de 26 e 30 anos, foram identificados no Hospital Garcia de Orta, no concelho de Almada, e um deles tinha ferimentos.

De acordo com o Cometlis, os jovens terão ido às duas unidades hospitalares "por meios próprios" para receberem tratamento médico, havendo suspeitas de que "estejam envolvidos" na desordem.

Durante os desacatos foi disparado pelo menos um tiro de uma arma de fogo, razão pela qual a investigação transitou para a Polícia Judiciária, que agora vai prosseguir com as diligências com vista a apurar os factos.

Segundo a PSP, poderão estar em causa crimes como homicídio qualificado na forma tentada e ofensas à integridade física qualificada.

Os desacatos foram filmados e colocados a circular na internet.

  • Casos de agressões na noite de Lisboa

    A noite de Lisboa tem sido marcada por vários incidentes. O mais grave aconteceu no verão de 2014, quando um homem morreu depois de ter sido esfaqueado no Cais do Sodré.

  • O que aconteceu no Cais do Sodré, segundo o dono do restaurante

    Um caso de violência foi registado nas ruas do Cais do Sodré, em Lisboa, ao início da manhã de ontem. O jornalista da SIC Paulo Varanda falou com um dos envolvidos, o dono de um restaurante, que contou a sua versão do que aconteceu, apesar de não querer falar para a câmara.

  • Dono de restaurante atacado por recusar servir comida no Cais do Sodré

    Um grupo de jovens atacou o dono de um restaurante no Cais do Sodré, em Lisboa, que recusou a servir-lhes comida às 7h30 a manhã, ontem. Entre várias agressões foi também disparado um tiro. Sete pessoas foram hospitalizadas. A luta foi filmada por telemóvel e as imagens podem ferir a sensibilidade de alguns espectadores