Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Poupanças dos portugueses em níveis baixos históricos

  • 333

Esta terça-feira chegam ao mercado as Obrigações do Tesouro de Rendimento Variável. Em 2015, por cada 100 euros portugueses pouparam 4,2

É uma das consequências da crise económica que o país atravessou: as poupanças das famílias portuguesas estão no nível mais baixo das últimas duas décadas. Em 2015, por cada cada 100 euros disponíveis os portugueses só conseguiram pôr de lado 4,2 euros, conta o "Jornal de Notícias" esta terça-feira.

Segundo o matutino económico, este valor tão baixo da taxa de poupança deve-se aos cortes de rendimentos com que as famílias se confrontaram nos últimos anos e também ao facto de muitos terem esgotado o período de atribuição de prestações sociais, vendo-se obrigados a recorrer às poupanças.

Esta terça-feira chegam também ao mercado as Obrigações do Tesouro de Rendimento Variável (OTRV): oferecem um prémio mínimo de 2,2%. Esta será uma tentativa do Governo de António Costa, para que os cidadãos invistam em poupanças.

As OTRV foram anunciadas em setembro de 2015, ainda pela ex-ministra das Finanças Maria Luís Albuquerque. Contudo, só agora é que chegam ao mercado. Esta primeira emissão terá uma maturidade de cinco anos, um prémio mínimo de 2,2%, e juros, que correspondem à Euribor, pagos a cada seis meses.

A primeira série de subscrições deste novo produto de aforro estará disponível até 16 de maio.