Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Buscas da PJ em sindicato da PSP

Polícia Judiciária fez esta manhã buscas na sede do Sindicato Unificado da Polícia. Em causa estarão questões internas do sindicato. O presidente Peixoto Rodrigues diz-se de consciência tranquila.

Hugo Franco

Hugo Franco

Jornalista

A Polícia Judiciária realizou esta manhã buscas nas instalações de Lisboa e do Porto do Sindicato Unificado da Polícia (SUP). Ao Expresso, Peixoto Rodrigues, presidente do sindicato, garante que as buscas se devem a uma denúncia anónima sobre a aprovação de contas da instituição. E que em causa estará o crime de abuso de confiança.

O dirigente garante que durante as buscas foram mostradas aos inspetores da PJ as contas do SUP. "Estão todas em ordem e auditadas", garante.

"Abuso de confiança? Onde e de quem? Estou de consciência tranquila e cá estou para esclarecer tudo e para colaborar com as autoridades", afirma o líder sindical.

Até ao momento ninguém do sindicato foi constituído arguido.

À agência Lusa, Peixoto Rodrigues disse ainda que em 2015 "dois ou três ex-dirigentes" do SUP apresentaram uma queixa por considerarem que as contas do sindicato não estavam corretas.