Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Governo paga às farmácias para dispensarem genéricos

  • 333

Nuno Botelho

A medida tem como objetivo aumentar a quota de medicamento de 'linha branca' no mercado português

O ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, anunciou esta manhã no Congresso da Associação Nacional das Farmácias (ANF) que vai ser pago um valor fixo por cada embalagem de medicamentos genéricos dispensada nas farmácias.

O valor ainda não é conhecido, mas tem como objetivo aumentar a quota de medicamento de 'linha branca' no mercado português.

O governante reafirmou ainda que o objetivo do Governo é ter uma quota de mercado de genéricos de 60% no final da legislatura.

Durante a abertura do Congresso, Adalberto Campos Fernandes referiu ainda que as farmácia funcionarão integrados no Serviço Nacional de Saúde (SNS), prestando um conjunto mais diversificado de apoios, sobretudo para dar resposta à população mais idosa. Além disso, avançará também a dispensa de medicamentos até agora exclusiva dos hospitais para doentes com VIH, hepatite e cancro. Os primeiros projetos vão iniciar-se com medicamentos para a VIH/sida.