Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Operação Tax Free: 15 detidos por suspeitas de corrupção

  • 333

PJ realizou esta manhã cerca de 120 buscas na região de Lisboa. Entre os detidos encontram-se funcionários das Finanças, advogados, empresários e técnicos oficiais de contas

Quinze pessoas foram detidas esta terça-feira na sequência da realização de buscas em repartições de Finanças e casas particulares, por suspeitas de corrupção. No total foram efetuadas cerca de 120 buscas na região de Lisboa.

Os detidos são suspeitos da “prática dos crimes de corrupção ativa e passiva para ato ilícito, recebimento indevido de vantagem e falsidade informática”, refere a Polícia Judiciária (PJ) em comunicado.

Entre os detidos encontram-se funcionários das Finanças, advogados, empresários e técnicos oficiais de contas, que serão presentes em tribunal para a aplicação das medidas de coação.

A megaoperação da PJ – intitulada Tax Free – foi levada a cabo
através da Unidade Nacional de Combate à Corrupção (UNCC), na sequência de um inquérito aberto pelo Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) após uma investigação da PJ que contou com a colaboração da Autoridade Tributária (AT).

A operação mobilizou “mais de duas centenas de elementos da Polícia Judiciária, bem como Magistrados Judiciais e do Ministério Público e funcionários da Autoridade Tributária”, acrescenta o comunicado.