Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Número de licenciados emigrados duplicou nos últimos 10 anos

  • 333

Em dez anos, o número de emigrantes portugueses que têm uma licenciatura quase duplicou: de 77 876 para 151 224. O Reino Unido é um dos principais destinos

É o dito êxodo dos cérebros portugueses. Em dez anos, o número de emigrantes que têm uma licenciatura quase duplicou: de 77.876 para 151.224 – passou de de 6,8% para 11,2%. Os dados foram revelados esta segunda-feira, durante a apresentação do Factbook 2015, um relatório do Observatório da Emigração, conta o “Jornal de Notícias”.

Segundo o relatório, a França é o país com maior número de portugueses com formação superior (38 mil), devido a coabitarem várias gerações de emigrantes portugueses no país. Mas o Reino Unido, que está em segundo lugar, já conta com 30 mil licenciados portugueses, a maioria dos quais estão no país há menos de 10 anos.

Em declarações ao “JN”, Rui Pena Pires, coordenador do Observatório da Emigração, afirma que se mantém “o domínio da emigração não qualificada para países da velha emigração mas, para os novos países, está a crescer, e muito, a qualificada”. Por exemplo, na Noruega, a percentagem de licenciados portugueses passou de 15% para 40%.

Outra tendência é a fixação da emigação na última década, escreve o “JN”. “Podemos dizer com segurança que uma maioria se vai fixando”, afirma o especialista.