Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Jovem de 20 anos espancado até a morte junto a faculdade da Universidade do Porto

  • 333

Agressões ocorreram pelas 4h30. Vítima era de Baião e estudava no ISCAP

"Esta madrugada, pelas 4h30, um jovem estudante de 20 anos foi agredido por 4 indivíduos junto à Faculdade de Engenharia do Porto. Deu entrada no Hospital de S. João e faleceu". A este relato breve sobre a morte de um jovem de Baião esta madrugada, a PSP do Porto acrescenta apenas que o caso está, agora, a ser investigado pela Polícia Judiciária.

Diz, ainda, não ter conhecimento sobre outras eventuais vítimas hospitalizadas.

A PJ confirma apenas que a sua secção de homicídios "está a efetuar diligências" para apurar todos os factos sobre este caso. Quanto à ocorrência, refere que tudo aconrteceu na via pública, junto à Faculdade de Engenharia, quando a vítima foi abordade por um grupo de jovens e "de imediato, agredida, sem justificação previsivel". Assistido no local pelo INEM, o jovem acabou por falecer pouco depois no Hospital de S. João.

Tudo aconteceu junto ao local onde decorria uma festa organizada pela Associação de Estudantes da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, mas o Expresso não conseguiu confirmar, até ao momento, se a vítima ou os agressores terão saído dessa festa. Há, no entanto, a indicação de que um grupo de jovens presenciou o crime e ainda tentou ajudar a vítima, que seria estudante do ISCAP - Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto, do Instituto Politécnico do Porto.

Do Hospital de S. João, dizem apenas que "toda a informação sobre este caso será apenas prestada à família da vítima e às autoridades".

O ISCAP, onde o jovem seria aluno, confirma que foi informado de que a vítima seria Joel Rafael, mas está ainda a confirmar qual o ano e o curso que frequentava naquele instituto.

Da parte da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto vem apenas mais um pormenor para este crime. Tudo terá começado na rua D. Frei Vicente de Soledade Castro, junto ao recinto universitário, e acabou já no parque de estacionamento daquele estabelecimento de ensino.

De acordo com as várias informações cruzadas pelo Expresso, os agressores também poderão ser algunos universitários.

As festas da Associação de Estudantes da Faculdade de Engenharia da UP acontecem regularmente, de 15 em 15 dias.