Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Campus da Justiça vendido por €223 milhões

  • 333

POLÉMICA. Juíza presidente da comarca de Lisboa suspendeu a decisão de fazer revistas a advogados e polícias

MARCOS BORGA

O Estado paga todos os meses cerca de um milhão de euros pelo arrendamento do Campus da Justiça, em Lisboa. Ainda não se sabe a identidade dos novos donos

O Campus da Justiça em Lisboa tem novos donos. De acordo com a edição desta segunda-feira do “Jornal de Negócios”, o fundo Office Park Expo – participado pelo fundo de pensões do pessoal da Caixa Geral de Depósitos(CGD) – alienou este espaço por cerca de 223 milhões de euros a outro fundo internacional.

"Confirmamos que alienámos a nossa posição no fundo Office Park", revela fonte oficial do banco público ao matutino. Para além da CGD, o fundo de estabilização financeira da Segurança Social e a Fundação Calouste Gulbenkian, o único privado do consórcio, também deixaram as suas posições no Office Park Expo.

Ao todo, foram alienados cinco ativos, correspondentes a uma área de 182 mil metros quadrados. O mais valioso de todos é o Campus da Justiça, que está arrendado ao Instituto de Gestão Financeira e Patrimonial da Justiça, por cerca de um milhão de euros por mês. Mas existe ainda o edifício onde funciona um supermercado El Corte Inglês, duas áreas de estacionamento e um núcleo de postos de transformação afetos à cedência à energia a todo o empreendimento, escreve o “Jornal de Negócios”.

Até ao momento, ainda não se conhece a identidade dos novos donos do Campus da Justiça em Lisboa.