Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Funeral de Nicolau Breyner realiza-se quarta-feira após missa na Basília da Estrela

  • 333

O funeral do ator realiza-se esta tarde, no cemitério do Alto de São João, em Lisboa, onde será cremado. Nas últimas horas, amigos, colegas, muitas personalidades da vida política e da sociedade portuguesa fizeram questão de estar presentes no velório na Basílica da Estrela

O funeral do ator realiza-se a partir das 15h desta quarta-feira, com uma missa na Basílica da Estrela, seguindo depois para o cemitério do Alto de São João, onde o corpo será cremado.

  • “Antes pobrezinho em Lisboa do que rico em Estocolmo”

    Foi ator, encenador, realizador, argumentista, professor de atores e candidato à Câmara de Serpa. Alentejano, trabalhador e com a cabeça sempre cheia de ideias, desfiou histórias de uma vida cheia num almoço-entrevista com Clara Ferreira Alves que o Expresso publicou em março de 2011 e republica cinco anos depois, no dia em que Nicolau Breyner nos deixou. “Não sei se sou um bom católico, mas não sou um mau cristão”

  • “Ter de ter graça é cansativo.” Nicolau Breyner (1940-2016)

    Tinha acabado de ser submetido a uma intervenção cirúrgica. Foi em junho de 2012, aos 71 anos. “A única vantagem desta idade é poder dizer tudo o que penso.” O Expresso pediu-lhe então para ele dizer o que pensava. A rubrica chamava-se “Íntimo”, ele esteve à altura: falou de sentimentos e pedidos privados. “Estou agora a falar nisto e comovi-me... nestas coisas sou um bocado maricas”. Esta é a republicação desse documento raro, narrado na primeira pessoa. Nicolau Breyner morreu esta segunda-feira, aos 75 anos

  • Entrevista de vida a Nicolau Breyner (1940-2016): “Sou um imaturo”

    Há um Portugal que cresceu a vê-lo no ecrã. E ele cresceu com esse Portugal que o estimava. Que o seguia. Nicolau Breyner, 75 anos, deixa um dos legados mais preciosos dos que viveram: uma obra. Há alguns anos, concedeu ao Expresso uma entrevista de vida, que agora republicamos no dia em que o perdemos