Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Banif vai ter comissão de inquérito a duplicar

  • 333

tiago miranda

Instalada em fevereiro por pressão da oposição, a comissão da Assembleia Legislativa da Madeira, já definiu a metodologia dos trabalhos e o nome das entidades que serão chamadas a prestar esclarecimentos

A venda do Banif vai ser alvo de duas comissões de inquérito. É primeira vez que tal acontece em Portugal. Mas se isso irá ser benéfico para a investigação, é outra história. Segundo o jornal "Público" desta terça-feira, a Assembleia Legislativa da Madeira também vai chamar a ex-ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, Mário Centeno, o governador do Banco de Portugal, Carlos Costa, e o antigo CEO do banco, Jorge Tomé, para serem ouvidos sobre a venda do Banif.

Mas antes de serem ouvidos na Madeira, os mesmos responsáveis já terão prestado esclarecimentos na Assembleia da República, em Lisboa. Estes estão obrigados a dar explicações tanto em Lisboa, como no Funchal.

Instalada em fevereiro por pressão da oposição, a comissão da Assembleia Legislativa da Madeira, já definiu a metodologia dos trabalhos e o nome das entidades que serão chamadas a prestar esclarecimentos.

Numa primeira fase, irá questionar ex-responsáveis do Banif: nomes como o de Luís Amado, ex-presidente do conselho de administração, ou Jorge Tomé, presidente executivo do banco à data da resolução, vão ser os primeiros a ser chamados. Só depois destas audições é que os deputados vão chamar Maria Luís Albuquerque, Mário Centeno e Carlos Costa.