Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Abutres-pretos apelam ao voto

  • 333

Um projeto de conservação do abutre-preto no sul de Portugal aguarda por votos para conseguir ganhar 30 mil euros da European Outdoor Conservation Association (EOCA). A votação termina esta terça-feira ao meio-dia. Na corrida estão outros quatro projetos internacionais

Carla Tomás

Carla Tomás

Jornalista

O count down final começou. Ao meio dia desta terça-feira termina o prazo para que os cidadãos cliquem no sitio online da Liga para a Conservação da Natureza ou na página da European Outdoor Conservation Association (EOCA) e votem num dos cinco projetos em concurso, promovido pela EOCA. O mais votado ganha 30 mil euros.

O único português na corrida é o projeto de conservação do abutre-preto, que a Liga para a Proteção da Natureza (LPN) desenvolve há vários anos, no Alentejo. “Necessitamos urgentemente desta verba para conseguirmos manter o fornecimento de alimento, essencial para o sucesso da recuperação da espécie”, apela a LPN em comunicado. Basta votar em “Black Vulture Recovery, Southern Portugal” para ajudar.

Atualmente existem no Alentejo quatro casais nidificantes desta espécie 'Criticamente em Perigo', fruto do trabalho de conservação que tem sido desenvolvido pela LPN, no âmbito do projeto LIFE Habitat Lince Abutre.

Este trabalho tem dado frutos. Pela primeira vez em 40 anos, assistiu-se ao nascimento de uma fêmea de abutre-preto no Alentejo, na primavera passada. E este ano o feito deverá repetir-se, uma vez que há um ninho a ser incubado.

Os outros projetos a votação na categoria Natureza visam a conservação de outras espécies, designadamente duas espécies de lémure de Madagáscar, a tartaruga das Galápago, a baleia-corcunda das Caraíbas e o tubarão-gato do Mediterrâneo.

A EOCA promove este tipo de eleição há seis anos com o objetivo de chamar a atenção dos cidadãos para situações críticas de conservação de algumas espécies e outros problemas ambientais. Em 2015, participaram na votação 31,5 milhões de pessoas a nível internacional.