Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Papa visita Auschwitz no final de julho

  • 333

ANDREAS SOLARO/ Getty imagens

Francisco vai visitar o antigo campo de concentração durante a visita à Polónia, onde se vão realizar as Jornadas Mundiais da Juventude

O papa Francisco vai visitar o antigo campo de concentração alemão de Auschwitz-Birkenau, no âmbito das Jornadas Mundiais da Juventude, que se realizam em Cracóvia no final de julho e que serão presididas pelo pontífice.

De acordo com o programa preliminar, no terceiro dia da sua visita à Polónia, Francisco deverá viajar até para Auschwitz, no sul do país, a 29 de julho, disse o presidente da agência de informação católica KAI, Marcin Przeciszewski.

Esta não é a primeira vez que um papa visita Auschwitz: João Paulo II visitou em 1979 o antigo campo, símbolo do Holocausto dos judeus da Europa, e Bento XVI também o fez em 2006.

O papa deverá permanecer cinco dias na Polónia, estando prevista a sua chegada a 27 de julho.

O programa prevê que, no segundo dia, Francisco visite o santuário mariano de Czestochowa, onde deverá celebrar uma missa para marcar o 1.050.º aniversário do batismo da Polónia.

No primeiro dia, e porque o papa é o chefe de Estado do Vaticano, Francisco deverá reunir-se com o presidente Andrzej Duda e outros altos funcionários.

O tema central do Dia Mundial da Juventude será a Misericórdia, segundo uma decisão do papa em relação a todo o ano de 2016.