Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Ministro-adjunto alemão elogia políticas europeias de António Costa

  • 333

Michel Roth, ministro-adjunto alemão, diz não ver diferenças nas políticas europeias de António Costa e Passos Coelho. Portugal está seguir as “prioridades comuns na União Europeia”, defende

“O Governo português afirmou o seu compromisso com o cumprimento das regras orçamentais europeias.” Estas palavras de Michel Roth devem ser lidas como um elogio. O ministro-adjunto alemão, que estará esta segunda-feira em Portugal para um conferência sobre as relações económicas entre Portugal e a Alemanha, defende, em entrevista publicado pelo “Diário de Notícias” esta segunda-feira, que o Governo de António Costa está a seguir as “prioridades comuns na União Europeia.”

Após o ceticismo inicial quanto às políticas do atual Governo ao nível europeu, deixou de haver motivos para preocupações: Portugal e Alemanha estão na mesma “equipa”, defende. E quando questionado sobre diferenças entre António Costa e Passos Coelho, Michel Roth não aponta qualquer uma.

Quanto às críticas provenientes dos países do sul da Europa sobre uma Alemanha “egoísta”, Michel Roth afirma que "se formos honestos, temos de admitir que neste momento há uma grande falta de espírito de equipa". Por isso, defende: “Todos os jogadores da equipa devem estar dispostos a mostrar espírito criativo, flexibilidade e pragmatismo. Podemos assim chegar no final a um objetivo comum que todos apoiamos e que beneficia a UE no seu todo.”

A Alemanha tem sido um dos destinos europeus que tem recebido mais imigrantes portugueses, com formação especializada, desde 2011. E muitas empresas alemãs também estableceram ligações comerciais com Portugal nos últimos anos. “As empresas alemãs reconheceram o potencial e as vantagens de Portugal e estão cientes da excelente formação dos trabalhadores portugueses”, afirma ao "DN".