Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Acidentes rodoviários aumentaram 10% este ano

  • 333

Tiago Petinga / Lusa

Desde o início do ano, 73 pessoas morreram nas estradas portuguesas, menos seis que no mesmo período em 2015. No entanto, as autoridades registam cerca de mais dois mil acidentes rodoviários

Os acidentes rodoviários provocaram 73 mortos nos dois primeiros meses do ano, menos seis do que em igual período de 2015, mas os desastres aumentaram 10%, indicam dados da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR).

A ANSR, que reúne dados da PSP e da GNR, adianta que em janeiro e fevereiro ocorreram 21.205 acidentes rodoviários, mais 1966 do que no mesmo período de 2015 (quando se registaram 19.239). O valor significa um aumento de 10% no número de acidentes nas estradas portuguesas.

Segundo as autoridades, os 21.206 acidentes provocaram 73 vítimas mortais, menos seis do que em janeiro e fevereiro de 2015.

O maior número de mortos ocorreu nos distritos de Lisboa, com 12 vítimas. Seguiram-se Aveiro, com nove, e Setúbal, com oito. Já no distrito de Viana do Castelo não se registou qualquer vítima mortal.

A ANSR indica também que, nos dois primeiros meses do ano, ficaram gravemente feridas 306 pessoas, menos uma do que em igual período de 2015. Os feridos ligeiros aumentaram ligeiramente este ano, tendo sofrido ferimentos ligeiros 6045 pessoas, mais 579 do em que 2015.