Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

PJ detém grupo de assaltantes violentos

  • 333

Três suspeitos foram apanhados em Santarém. Tinham sequestrado uma vítima com uma faca, deixando-a amarrada durante sete horas. Detenções fazem parte das operações da PJ para combater os últimos casos de violência na área da Grande Lisboa

Hugo Franco

Hugo Franco

Jornalista

A Polícia Judiciária através da Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo, em articulação com a PSP de Santarém, deteve três homens com 16, 18 e 21 anos de idade, indiciados pelos crimes de roubo e de sequestro.

No final da tarde dia 28 de janeiro, o grupo introduziu-se na viatura da vítima, um homem de 43 anos, obrigando-o a deslocar-se para um local ermo. Estavam armados com facas. Os suspeitos apoderaram-se dos bens e dos cartões bancários que o ofendido possuía, puseram-se em fuga na viatura. Amarram-no com arames a uma vedação e amordaçaram-no com uma camisola.

A vítima ficou presa no local durante cerca de sete horas, entre as 19h dessa quinta-feira e até ao início da madrugada do dia seguinte. Passado este período de tempo, os autores voltaram ao local, libertaram a vítima que se encontrava já muito debilitada e indicaram-lhe onde a viatura se encontrava.

"Os detidos, todos com antecedentes criminais, vão ser presentes hoje [terça-feira] às autoridades judiciárias para aplicação das medidas de coação processual adequadas", refere a Polícia Judiciária em comunicado.

Estas detenções fazem parte das operações realizadas pela Judiciária nos últimos dias para combater o crime violento.

Esta semana ocorreram dois assaltos a carrinhas de valores em menos de 24 horas. No domingo, um grupo de "quatro a cinco" elementos – as autoridades admitem que possa haver mais envolvidos – assaltou uma carrinha de valores que se encontrava junto a um supermercado na localidade de Lourel, concelho de Sintra. E esta segunda-feira, dois homens encapuzados e armados assaltaram esta manhã uma carrinha de valores em Vialonga, concelho de Vila Franca de Xira.