Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

ANA aumentou as taxas aeroportuárias nove vezes desde 2013

Luís Barra

Segundo a RENA – Associação das Companhias Aéreas em Portugal, estes aumentos registados desde que a ANA – Aeroportos de Portugal foi vendida à Vinci em 2013, representam uma subida 20%

A ANA – Aeroportos de Portugal aumentou nove vezes as taxas cobradas às companhias aéreas no aeroporto da Portela desde 2013, ano em que foi adquirida pela Vinci, revela o “Jornal de Notícias” desta terça-feira. Segundo a RENA – Associação das Companhias Aéreas em Portugal, estes aumentos representam uma subida 20%, a que se somam 17% a título de ajustamentos anuais.

Paulo Geisler, presidente da RENA, em declarações ao “JN” classifica esta subida como “colossal” e alerta que esta poderá vir a ameaçar as transportadoras aéreas. A ANA nega estas acusações: diz cumprir o contrato de concessão e que as taxas são inferiores às dos aeroportos lá elencados como termo de comparação. As taxas praticadas “estão bem abaixo da média praticada” em aeroportos europeus, defendeu fonte da ANA ao matutino.

Porém, a IATA (International Air Transport Association), easyjet e Ryanair não estão convencidas. No ano passado, em outubro, protestaram junto da Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC), afirmando estar em causa a diretiva europeia das taxas aeroportuárias. A RENA admitiu ainda a possibilidade de vir a levar esta queixa a Bruxelas.

A ANAC tem aprovado o aumento das taxas reguladas e dará parecer definitivo para valores de 2016 em breve. Para já, pede cautela na leitura dos números, já que dentro de cada categoria de taxa houve aumentos muito diferentes.