Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Ex-secretário de Estado de Sócrates será o novo presidente do CCB

  • 333

Luiz Carvalho

Elísio Summavielle, secretário de Estado da Cultura durante o Governo de José Sócrates, em 2009, é o nome escolhido por João Soares

Chegamos a segunda-feira e António Lamas ainda não se demitiu, tal como João Soares tinha pedido. Mas nos meios culturais lisboetas já circula o nome do seu sucessor como presidente do Centro Cultural de Belém (CCB). De acordo com o "Diário de Notícias" desta segunda-feira, Elísio Summavielle, ex-secretário de Estado da Cultura do Governo de José Sócrates, em 2009, é o escolhido de João Soares.

Questionado pelo "DN", Elísio Summavielle disse que não podia confirmar a nomeação, que “terá de ser o próprio ministro” a fazer o anúncio. Atualmente, o ex-secretário de Estado é adjunto de João Soares no Palácio da Ajuda, sede do Ministério da Cultura.

Na passada sexta-feira, o ministro da Cultura anunciou, na Assembleia da República, que, esta segunda-feira iria demitir o presidente do Centro Cultural de Belém, caso António Lamas não o fizesse até lá. “Eu acho que o presidente do CCB tem de sair. E se não sair, eu, na segunda-feira, seguramente o demitirei, usando os instrumentos legais de que disponho", disse João Soares.

Porém, mesmo com todas as pressões de Soares e do Ministério da Cultura para que isso aconteça, António Lamas rejeitou demitir-se. “Não me demito quando acredito em alguma coisa. Não está na minha natureza”, afirmou ao “Público”.

Falta agora saber quais serão "os instrumentos legais" que João Soares vai utilizar para demitir o ainda presidente do Centro Cultural de Belém.