Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Morreu Lúcio Lara, um dos fundadores do MPLA

  • 333

O nacionalista angolano e um dos membros fundadores do MPLA faleceu este sábado em Luanda, aos 86 anos, vítima de doença prolongada

Filho de pai português e mãe angolana, Lúcio Lara morreu este sábado aos 86 anos, vítima de doença prolongada. Natural da província de Huambo, o nacionalista angolano e um dos fundadores do MPLA fez os seus estudos em Portugal.

“O camarada Lúcio Lara foi um artífice da luta pela independência de Angola ao lado do primeiro presidente de Angola, Dr. António Agostinho Neto, tendo escrito o seu nome com letras de ouro na história de Angola pela sua inestimável participação na árdua caminhada em prol da liberdade e da autodeterminação dos angolanos”, lê-se num comunicado do Bureau Político do MPLA, citado pela agência de notícias angolana Angop. Neste, o partido revela a sua “profunda comoção”, realça a "inestimável participação" de Lúcio Lara em prol da autodeterminação dos angolanos endereça as condolências à família em nome dos seus militantes.

Foi na década de 50 do século passado que se iniciou a sua militância no partido maioritário, em Angola e entre angolanos no exílio. Em dezembro de 1962 foi eleitado secretário da organização e dos quadros do partido na primeira conferência nacional do MPLA, tornando-se oosteriormente secretário-geral.

Antes do agravamento do seu estado de saúde e da consequente retirada da vida política, Lúcio Lara era deputado do MPLA à Assembleia Nacional.