Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Chocolates Mars e Snickers retirados do mercado em toda a Europa

  • 333

ODD ANDERSEN / Getty Images

Já foi dada a ordem de recolha. Portugal está entre os países afetados. Em causa estão vestígos de plástico

A empresa de chocolates Mars ordenou a recolha dos seus produtos – os chocolates Mars, Snickers e Milky Way – na Europa. A recolha surge após terem sido encontrados vestígios de plástico vermelho numa das barras de chocolate da marca.

Segundo o jornal britânico “The Guardian”, a recolha “apenas afetará os produtos feitos na Holanda”, afirma um dos responsáveis europeus da marca. Depois de já ter começado na Alemanha e Holanda, deverá afetar no total 55 países.

Os consumidores estão assim avisados a não consumir produtos da empresa – as barras de chocolate Mars, Snickers e Milky Way – com data limite de validade entre junho deste ano e janeiro de 2017. O facto de ter sido encontrado plástico num dos doces na Alemanha não é sinónimo de que toda a linha de produção esteja comprometida. Ainda assim, segundo revela o “Público” online, uma fonte oficial da empresa em Portugal confirma que a recolha será também efetuada no país. A medida é preventiva, já que ainda não foi detetado mais nenhum caso na Europa.

O escândalo surge no mesmo mês em que a Mars ganhou o prémio de Melhor Empresa de Produção em Escala para os trabalhadores dos Estados Unidos. No início de fevereiro, a marca também anunciou a retirada de todos os corantes artificiais dos seus produtos alimentares, num esforço para ir ao encontro das necessidades dos consumidores.

A Mars Incorporated, gigante norteamericana da indústria alimentar, fabrica vários tipos de produtos, de arroz e massas a rações para animais domésticos. Mas tem na barra de chocolate com o mesmo nome, criada há mais de 80 anos, o seu produto principal, faturando 33 mil milhões de dólares (perto de 30 mil milhões de euros) anualmente.

[Notícia atualizada às 16h39]