Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Muita chuva no fim de semana

  • 333

Tiago Miranda

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera decreta aviso laranja, o segundo mais grave numa escala de quatro, de Lisboa a Braga por causa da chuva persistente e por vezes forte. O mar também vai estar muito agitado

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) atualizou os alertas para os próximos dias e colocou os distritos do Porto, Viana do Castelo, Lisboa, Leiria, Aveiro, Coimbra e Braga em aviso laranja na sexta-feira por causa das chuvas fortes.

O aviso laranja é o segundo mais grave numa escala de quatro e significa uma situação meteorológica de risco moderado a elevado, enquanto o aviso amarelo, menos grave, representa uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Os distritos do Porto, Viana do Castelo e Braga vão estar sob aviso laranja entre as 6h e as 17h59 de sexta-feira, dia 12 de fevereiro, por causa da chuva persistente e por vezes forte, sendo que estes três distritos estão também sob aviso laranja por causa da agitação marítima entre as 9h e as 18h59 de domingo, dia 14.

Nestes distritos, o IPMA alerta para ondas de noroeste com cinco a sete metros, que podem atingir entre 10 a 12 metros de altura máxima.

Os distritos de Lisboa, Leiria, Aveiro e Coimbra estão também sob aviso laranja por causa da agitação marítima, entre as 9h e as 18h59 de domingo, com ondas de noroeste com cinco a sete metros que podem chegar aos 12 metros de altura máxima.

Os distritos de Bragança, Viseu, Porto, Guarda, Vila Real, Viana do Castelo, Castelo Branco, Aveiro, Coimbra e Braga vão estar também sob aviso amarelo devido a chuvas persistentes e por vezes fortes.

Nos distritos do Porto, Faro, Setúbal, Lisboa, Leiria, Beja, Aveiro, Coimbra e Braga há também aviso amarelo por causa da agitação marítima, com ondas de noroeste de quatro a cinco metros de altura.

  • Chuva leva aviso amarelo a nove distritos

    Nove distritos do continente vão estar esta sexta-feira e no sábado sob alerta devido à previsão de chuva por vezes forte, informa o Instituto Português do Mar e da Atmosfera