Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Oeiras e a ambição de acabar com os “cinzeiros urbanos” nas ruas

  • 333

Marcos Borga

Presidente da Câmara de Oeiras e outros autarcas passaram a manhã a apanhar beatas de cigarros do chão em Algés, onde entregaram cinzeiros portáteis aos fumadores

O presidente da Câmara de Oeiras esteve esta manhã a recolher beatas de cigarros no chão de Algés e a distribuir cinzeiros aos fumadores numa ação de sensibilização, prometendo multar os que não respeitarem a lei.

"Quebre o hábito, beatas são lixo, não deite no chão" é o nome da campanha que está a ser levada a cabo pela autarquia para melhorar o ambiente do concelho.

Paulo Vistas e outros vereadores quiseram dar o exemplo e estiveram esta manhã em Algés a distribuir cinzeiros portáteis a fumadores e a alertá-los para a necessidade de se habituarem a deitar as beatas no lixo.

"Iniciámos esta campanha pela constatação de um hábito que infelizmente as pessoas têm, que é o de deitar as beatas dos cigarros para o chão. Quase que o fazem de uma forma inconsciente, automática", lamenta Paulo Vistas, que alerta para o facto de muitas vias públicas servirem de "verdadeiros cinzeiros urbanos".

No contacto com as pessoas pelas ruas de Algés, uma freguesia com vários estabelecimentos de restauração, Paulo Vistas diz ter recebido uma "reação muito positiva". "As pessoas ficaram surpreendidas de me verem a mim a ter esta ação e penso que terá resultados", espera.

A campanha de sensibilização ainda não tem data para terminar, mas Paulo Vistas garante desde já que, depois disso, os que não respeitarem o ambiente serão penalizados. "Claro que haverá multas, quer nas beatas de cigarros, de dejetos caninos ou outro lixo qualquer. Não faz sentido estarmos a investir em campanhas de sensibilização para depois haver pessoas que não querem saber de nada", assegura o autarca.

As ações de sensibilização serão alargadas a outras zonas do concelho de Oeiras e Paulo Vistas disse já estar convencido de que haverá muita adesão.