Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

OMS alerta: vírus zika está a “propagar-se de maneira explosiva”

  • 333

O mosquito que transmite o virús

LUIS ROBAYO/GETTY IMAGES

Organização Mundial de Saúde agendou uma reunião de urgência para a próxima segunda-feira

A Organização Mundial de Saúde reconheceu esta quinta-feira que a epidemia de zika está a “propagar-se de maneira explosiva” no continente americano, razão por que foi agendada uma reunião de urgência, a realizar esta segunda-feira.

“O nível de alerta é extremamente alto” para esta epidemia, afirmou a diretora global da OMS, Margaret Chan durante uma reunião em Genebra, temendo-se “uma potencial disseminação internacional”.

O vírus atinge já 23 países e, segundo Margaret Chan, é de esperar que os fenómenos climáticos originados pelo El Niño - com chuva e calor a atingir áreas mais extensas - contribuam para espalhar a doença.

Particularmente preocupante é a situação no Brasil, onde o aumento de casos de microcefalia está a ser relacionado com a doença. A correlação não está provada, mas existe também a suspeita de existir uma relação entre o vírus e a ocorrência de um problema neurológico conhecido como síndrome de Gullain-Barré.

Na reunião da próxima semana, a OMS vai avaliar ainda se o surto do vírus Zika constitui uma emergência sanitária com dimensão internacional.

  • Já não bastavam os mosquitos, agora há zika no sexo e no sangue

    O pânico mundial com o zika alastra com o crescimento do número de vítimas do vírus. Em Portugal ainda só se conhecem quatro casos, mas o alerta é total, sobretudo na Madeira, onde o mosquito já foi encontrado. No Brasil já se confirmaram cerca de quatro mil situações de bebés nascidos com microcefalia, ou seja, com o perímetro cerebral inferior ao normal (32 centímetros), devido a este vírus

  • Zika chega à Dinamarca

    O turista, um jovem, tinha viajado para a América Central e do Sul e foi diagnosticado num hospital em Aarhus, no leste do país