Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Software da Google derrota campeão chinês em jogo de estratégia

  • 333

Go é um jogo milenar oriental e é considerado para um computador um desafio muito mais complicado que o xadrez. Mas, pela primeira vez, um programa informático derrotou um humano com comprovada competência na matéria. E com um resultado expressivo

A empresa norte-americana Google DeepMind criou um programa de computador que derrotou, pela primeira vez, um profissional do jogo de estratégia oriental Go, revela um estudo publicado esta quarta-feira na revista Nature.

Um dos grandes desafios da inteligência artificial foi conseguir uma vitória perante um profissional de Go, um jogo oriental cujo sucesso radica, entre outros fatores, na capacidade de o jogador em avaliar posições e movimentos sobre um tabuleiro.

O novo programa informático, o AlphaGo, derrotou em outubro, em Londres, numa sessão de cinco jogos, o profissional chinês Fan Hui, radicado em França e campeão da Europa.

Até à data, os programas informáticos de Go mais bem-sucedidos "jogaram" com amadores, mas nunca tinham vencido um profissional do chamado "xadrez oriental", com origens milenares, da antiga China.

O AlphaGo, segundo os seus criadores, poderá permitir importantes avanços nos domínios da inteligência artificial, que, de momento, parecem inacessíveis aos investigadores.

Para os peritos da Google DeepMind, o programa de computador usa "redes de valor" para avaliar posições sobre o tabuleiro e "redes de tática" para selecionar os movimentos das peças de cores opostas.

As redes neuronais artificiais de AlphaGo são "treinadas" neste jogo através de um processo de ensino supervisionado por um ser humano que, por sua vez, é reforçado pela aprendizagem que a máquina obtém ao jogar contra si mesma.

Em jogos contra outros programas de Go, o AlphaGo ganhou 99,8% dos confrontos, incluindo o com o profissional Fan Hui, destacam os investigadores no artigo publicado na Nature.

O próximo desafio é por à prova o programa informático num jogo com o campeão mundial, o sul-coreano Lee Sedol, em março, em Seul.

O jogo Go confronta num tabuleiro dois jogadores, que devem colocar alternativamente pedras pretas e brancas nas interseções livres de uma quadrícula.

O objetivo é dominar a maior superfície possível do tabuleiro, para o que os jogadores devem escolher entre colocar as pedras juntas, e protegê-las para evitar que sejam capturadas, ou separá-las de maneira que possam ganhar terreno na quadrícula.